Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fechamento provisório de UBS revolta pacientes

Tiago Silva/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

10/04/2012 | 07:00


Os usuários que foram à UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim das Orquídeas, em São Bernardo, deram de cara com a porta fechada ontem. Dois cartazes colados na parede informavam a paralisação no atendimento até dia 13 - sem qualquer esclarecimento. Desde janeiro a unidade funciona provisoriamente à Rua Rita Mendes Oliveira. A sede atual, na Estrada Poney Club, segue em obras de reforma e ampliação.

Durante toda a segunda-feira, dezenas de pacientes desavisados foram ao posto para marcar consultas ou retirar remédios. A unidade mais próxima está localizada a quatro quilômetros, no Alvarenga. "Não há explicação e nem encaminhamento para outra unidade. Simplesmente fecharam sem oferecer transporte. E quem vem de longe?", perguntou a estudante Tatiana de Andrade, 25, que surpreendeu-se ao chegar na unidade no fim da tarde para tomar vacina.

O aposentado Francisco Chagas Souza, 53 anos, também perdeu a viagem. Ele procurou por médico cardiologista no Pronto-Socorro Central e foi encaminhado à UBS de seu bairro para abreviar o processo. "Isso é ironia. Ainda disseram que seria mais rápido. Nem eles foram informados."

Funcionária de uma papelaria que funciona ao lado da UBS, Patrícia Ferreira, 30, comentou a repercussão do fechamento entre os munícipes. Alguns pacientes se exaltaram e buscaram informações no comércio. "Sou apenas vizinha da unidade. Estavam todos nervosos." Patrícia disse que, ontem, pelo menos dez pessoas procuraram por explicações no comércio.

A Prefeitura de São Bernardo informou que a unidade ficará fechada por uma semana para desenvolvimento de "programa de sensibilização de trabalhadores e readequação dos fluxos de trabalho". A administração diz ter espalhado cartazes com avisos e indica que os atendimentos de urgência devem ser feitos na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) e no pronto-socorro do bairro. A administração não explicou se outras unidades serão fechadas temporariamente.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;