Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Venda de veículos cresce 14,8% em agosto ante agosto de 2017, diz Anfavea

Marcelo Camargo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Trata-se do maior volume mensal desde 2015 e o melhor desempenho para meses de agosto desde 2014



06/09/2018 | 13:05


A venda veículos novos no Brasil somou 248,6 mil unidades em agosto, alta de 14,8% em relação a igual mês do ano passado e de 14,3% na comparação com julho, mostra balanço divulgado nesta quinta-feira, 6, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). É o maior volume mensal desde janeiro de 2015 e o melhor desempenho para meses de agosto desde 2014.

No acumulado do ano, são 1,632 milhão de unidades emplacadas, avanço de 14,9% sobre igual período de 2017.

A variação está acima, por enquanto, da previsão da Anfavea para o ano todo, de alta de 11,7%.

Máquinas agrícolas

As vendas internas de máquinas agrícolas e rodoviárias no atacado atingiram 5 mil unidades em agosto, alta de 30,5% na comparação com igual mês do ano passado e de 5,9% ante julho, divulgou a Anfavea. No acumulado do ano até agosto, há alta de 6,2% sobre igual período de 2017, para 29,6 mil unidades.

A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias chegou a 6,6 mil unidades em agosto, expansão de 35,1% em comparação com igual mês do ano passado, mas queda de 1% em relação a julho. De janeiro a agosto, o segmento tem alta de 5,5%, para 40,3 mil unidades produzidas.

As exportações de máquinas agrícolas, em valores, totalizaram US$ 284,6 milhões no mês passado, recuo de 9,9% na comparação com agosto do ano passado e de 3,6% ante julho. No acumulado do ano, no entanto, as vendas externas têm expansão de 29,4%, para US$ 2,313 bilhões.

O total de máquinas agrícolas exportadas em agosto chegou a 1,2 mil unidades, recuo de 13,1% em relação a igual mês do ano passado e de 1,2% na comparação com julho. No acumulado do ano, no entanto, há crescimento de 1,2%, para 8,6 mil unidades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;