Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marcelo Lima estima sair eleito de S.Bernardo

Vice-prefeito confirma que buscará vaga na Câmara e projeta obter de 90 mil a 100 mil votos


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

20/07/2018 | 07:00


O vice-prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), lançou ontem pré-candidatura a deputado federal e projetou sair eleito – ou ficar bem próximo disso – apenas com a votação que obtiver na cidade.

Líder político do grupo no qual Marcelo Lima foi escolhido para concorrer à cadeira na Câmara Federal, o prefeito Orlando Morando (PSDB) disse que trabalha com a previsão de o aliado obter entre 90 mil e 100 mil votos para poder garantir a vaga. “O desafio é previsto. Estamos entrando em uma eleição plenamente cientes de que a meta é acima de 100 mil votos para o Marcelo Lima (garantir um assento). Há plenas condições para isso”, argumentou o chefe do Executivo.

O vice-prefeito terá de enfrentar seu antigo aliado, o deputado federal Alex Manente (PPS), que tentará reeleição para a Câmara Federal. Em 2014, os dois chegaram a anunciar dobrada, tendo Marcelo para estadual e Alex para federal. Porém, desentendimentos internos separaram a dupla – o grupo de Marcelo acusou Alex de descumprir acordos firmados pré-pleito.

Quatro anos atrás, Alex conseguiu 88.540 votos somente em São Bernardo, enquanto Marcelo, ainda pelo PPS, obteve 26.348 sufrágios. O atual vice busca atrair boa parte do eleitorado de Morando – em 2014, o tucano, com votação recorde no Grande ABC, atingiu 103.292 eleitores. Este pleito, então, será o primeiro em que serão adversários diretos na disputa de votos.

Marcelo ponderou que não pediu para ser o candidato, mas que teve “a honra” de ser escolhido pelo prefeito. “O político tem sempre que estar preparado”, disse. Segundo Morando, o nome de Marcelo Lima só foi escolhido na noite de quarta-feira, em reunião decisiva do grupo político.

Vereador por dois mandatos, Marcelo inicialmente teve o nome ventilado para corrida a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Entretanto, com a provável candidatura da primeira-dama de São Bernardo, Carla Morando (PSDB), rotas eleitorais foram alteradas.

Sobre a estratégia que adotará para disputar a corrida eleitoral, o pessedista revelou que, por ter acabado de ser selecionado a federal, isso ainda não foi devidamente pensado. “Como não tínhamos nem o nome para federal nem para estadual, não pensamos nisso. Assim que o nome do pré-candidato foi escolhido, iremos começar a pensar nas estratégias que iremos adotar nestas eleições”, disse.

OUTROS CENÁRIOS
Ao pinçar Marcelo Lima para concorrer a um assento na Câmara Federal, Morando coloca um concorrente de peso contra Alex, com quem disputou a Prefeitura de São Bernardo em 2016. Os dois foram ao segundo turno dois anos atrás e o tucano saiu vitorioso.

Com a definição de Marcelo, resta agora saber qual será o papel que o ex-vereador de São Caetano e ex-secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Fabio Palacio (PSD) vai exercer neste pleito. Ele também desenhava ser candidato a deputado estadual, mas com o projeto de Carla, tende a brigar por vaga na Câmara Federal. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;