Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Rota hedonista

No Sul do País, tradicional na confecção da bebida, inúmeras atividades serão atrativos


Miriam Gimenes

17/05/2018 | 07:01


Desde 2003, em razão de uma lei estadual do Rio Grande do Sul, de autoria do deputado estadual Iradir Pietroski, sempre no primeiro domingo de junho é comemorado o Dia do Vinho. Os eventos e atrativos, portanto, passaram a tomar conta de toda Região da Uva e Vinho da Serra Gaúcha e, depois, iniciou-se a expansão deles, o que tornou a data nacional.

Por lá, a programação também começa amanhã, termina no dia 3 de junho e tem o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores, entre outros. A ideia é fazer com que o turista sinta, deguste e ‘respire’ o vinho.

Em Bento Gonçalves, por exemplo, na Vinícola Aurora, será possível, neste sábado ou 2 de junho, fazer curso de harmonização de queijos e vinhos, ao custo de R$ 40. A duração é de três horas e inclui apresentação audiovisual, passeio guiado, degustação orientada de queijos e vinhos, e, ao final loja, de vinhos.

Na mesma cidade é feito um passeio de quadriciclo entre os vinhedos da vinícola Dom Cândido, que dura uma hora e precisa ser agendado. Uma delícia de roteiro.

Em Bagé, o meio de transporte será outro. Na Pousada do Sobrado Turismo Rural, no dia 27, a partir das 8h, haverá a Cavalgada do Vinhedo, percurso de dez quilômetros que sairá da pousada até a Vinícola Peruzzo, onde será servido, ao meio-dia, almoço festivo tradicional Cordeiro e Vinho. Mais informações pelo email pousada@pousadadosobrado.com.br.

E, na Vinícula Peterlongo, em Garibaldi, será feito, no dia 2, às 19h, o Wine Movie Peterlongo, em que será apresentado, ao ar livre, o filme O Julgamento de Paris. O ingresso, que custa R$ 40 antecipado (à venda em www.sympla.com.br), inclui uma taça personalizada e uma dose de vinho ou espumante. 

Vinícola faz degustações às cegas

Você já teve a experiência de fazer degustação, do que quer que seja, vendado? A Cooperativa Vinícola Garibaldi, em Garibaldi, oferecerá uma experiência sensorial diferenciada, de experimentação às cegas.

Disponível em três módulos – com variação no grau de complexidade e preços, que vão de R$ 40 a R$ 90 –, a atividade ocorre no interior de uma pipa de 100 mil litros anexa a cave Acordes, que também dá nome aos produtos ícone da cooperativa.

O passeio é uma visita à história do vinho, dos imigrantes italianos que colonizaram a região e dos 87 anos da cooperativa. A sugestão é fazer um tour guiado entre pipas e relatos – para ampliar o conhecimento sobre o tema, e concluir com a degustação às cegas.

A experiência completa dura uma hora e 15 minutos, mas quem optar apenas pela degustação precisará de 50 minutos para descobrir os diferentes aromas e sabores. É necessário agendar previamente pelo email varejo@vinicolagaribaldi.coop.br ou telefone (54) 3464.8104.<TL>



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;