Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Preço de chocolate varia 97,98%


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

05/04/2006 | 08:30


A mais doce das datas festivas, a Páscoa, pode se tornar uma experiência amarga a quem não reservar tempo para pesquisar preços e mercadorias. Segundo levantamento realizado terça-feira pela Fundação Procon-SP – junto a dez estabelecimentos e 105 produtos –, a diferença do valor cobrado por um mesmo item chega a 97,98% nos principais supermercados e casas do ramo na Grande São Paulo.

O resultado da pesquisa indica em especial a disparidade nos preços de ovos e coelhos de chocolate, caixas de bombons, bolos e colombas pascais. Em média, os ovos de Páscoa estão 6,57% mais caros neste ano em comparação a 2005. Bolos e colombas registraram aumento de 3,66%, enquanto os bombons ficaram 8,62% mais baratos.

“A melhor dica para quem está com o orçamento apertado neste ano é substituir ovos de chocolate por colombas, que tiveram reajuste pequeno, ou bombons, que estão muito mais baratos”, orienta a assistente de direção Procon-SP, Adriana Pereira. “O conselho vale tanto para consumo próprio quanto para aqueles que pretendem presentear.”

A maior disparidade constatada pelo levantamento do Procon foi no preço da caixa de Bombom De Luxe – 22 unidades, 247 gramas – da marca Ferrero Rocher. Nesse caso, o maior preço encontrado no comércio da Grande São Paulo foi de R$ 33,30, no Pão de Açúcar. O menor valor está na loja Chocolândia (bairro do Ipiranga), por R$ 16,82 – variação de 97,98%.

A diferença nos preços também é significativa nos Mini Ovos de Especialidade da Nestlé (de 230 gramas). O preço mais caro é o cobrado pela Lojas Americanas: R$ 11,99. O menor valor, deste mesmo produto, está estampado nas gôndolas da loja Kanguru, na zona leste da capital. A diferença de R$ 4,60 representa variação de 62,25%.

Já o Ovo de Páscoa Galak Diet – número 15, de 240 gramas, também da Nestlé – custa no estabelecimento mais caro, na rede CompreBem, R$ 21. Na loja Kanguru o chocolate sai por R$ 12,99 – 61,66% mais em conta, ou R$ 8,01.

Entre as colombas pascais, a maior diferença está na Lojas Americanas. Lá, o produto tradicional com frutas – 750 gramas, da Bauducco – vale R$ 16,99, enquanto o idêntico custa R$ 10,78 nas lojas da rede Wal Mart. Em número absoluto a diferença é de R$ 6,21. Em valores percentuais, 57,61%.

O segundo maior contraste de preços de colomba pascal é de 41,84%. A Colomba Gotas de Chocolate, da Bauducco (750 gramas), sai por R$ 15,29 no Pão de Açúcar. Já no Wal Mart, a mesma colomba custa R$ 10,78, diferença de R$ 4,51.

Na hora de sair a campo em busca de bons preços em produtos para a Páscoa, a dica do Procon-SP é pesquisar. “Os preços são sempre ditados pela lei da oferta e procura. Se os valores cobrados em um determinado estabelecimentos estiverem mais caros, vá em outro. Mesmo que a diferença seja de apenas alguns centavos, vale a pena em compras de grande quantidade”, destaca Adriana, do Procon.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;