Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pinheiro à frente do PMDB não muda diálogo com Auricchio

Partido discute adesão oficial ao governo tucano e pode até ter secretaria no Paço


Felipe Siqueira
Especial para o Diário

13/09/2017 | 07:00


O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), afirmou que o processo de aproximação entre seu governo e o PMDB segue o caminho de convergência, mesmo depois de seu principal rival político na cidade e antigo aliado, Paulo Pinheiro (PMDB), ter assumido a legenda.

Depois de anos de briga, iniciada em 2011, quando Pinheiro rompeu com Auricchio quando foi preterido no processo de sucessão do grupo governista, o atual prefeito e o PMDB começaram a se alinhar, movimento liderado pelo presidente da Câmara, Pio Mielo (PMDB).

“O PMDB é um partido pelo qual a gente tem um carinho, um respeito muito grande. Está em reorganização, como todo partido, todo agrupamento político costuma ter pós-eleição, para se arrumar. Eu tenho convicção de que, no futuro, teremos um caminho conjunto”, disse Auricchio.

O prefeito destacou que, atualmente, a bancada de vereadores peemedebistas tem votado junto ao Executivo. “Nós temos tido apoio deles nas questões que envolvem a Câmara. Estar no governo, esse termo tem uma amplitude muito grande. Vamos trabalhar isso de uma forma geral e deixar o tempo cuidar desta condição”, explicou.

Um exemplo dessa aproximação entre o partido de Paulo Pinheiro e o governo de Auricchio foi uma reunião no gabinete do prefeito com dois nomes do PMDB da cidade, Andreia Neves e Roberto do Proerd. Uma das intenções das articulações é que a legenda possa ter nomes no primeiro escalão da Prefeitura. Para Pio, isso seria bom para o partido. “Se você perguntar a minha vontade, sim (que a sigla seja contemplada no secretariado). O prefeito abriu diálogo com o presidente da Câmara, para agendas que a gente propôs. Agora, fazer parte do primeiro escalão depende de série de fatores. Essa responsabilidade, hoje, cabe ao atual presidente (da legenda), de fazer a condução partidária”, afirmou Pio. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;