Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Inadimplentes proibidos de efetuar rematrícula protestam


Bruno Ribeiro
Especial para o Diário

24/02/2006 | 08:30


Cerca de 200 alunos da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano fizeram uma manifestação na avenida Paraíso, Vila Gerte, contra a proibição de alunos inadimplentes efetuarem a rematrícula na Faculdade. A instituição tem cerca de 500 alunos. A rua não foi fechada, mas as calçadas em frente à entrada foram tomadas por alunos com narizes de palhaços, segurando faixas e cartazes pedindo reabertura do diálogo. Os manifestantes alegam que as opções de pagamento oferecidas pela instituição de ensino são impraticáveis, e insistem em buscar outras soluções. A faculdade, no entanto, teria encerrado as negociações sem apresentar outra alternativa, o que motivou a manifestação.

A única opção para os alunos terem a rematrícula aceita seria pagar 50% da dívida até sexta-feira, e o restante em até oito vezes, de acordo com os alunos. O protesto teve início às 19h e correu de forma pacífica. Os alunos trouxeram um carro de som, faixas e cartazes pedindo a abertura de diálogo, e ocuparam a calçada em frente à entrada principal da escola. 20% dos estudantes estão com as mensalidades em atraso, e seriam impedidos por seguranças – instalados na porta de cada uma das salas – de assistir às aulas.

A faculdade nega que o número de inadimplentes seja elevado, e afirma que sempre esteve aberta ao diálogo para quitar as mensalidades. O motivo de haver alunos não-rematriculados é que eles próprios não procuraram a faculdade para negociar. Na visão da instituição, o número de manifestantes foi alto porque os alunos com mensalidade em dia se solidarizaram com os demais. A direção afirma que marcou para o próximo dia 6 uma reunião com os mantenedores da faculdade para rever o caso dos inadimplentes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inadimplentes proibidos de efetuar rematrícula protestam

Bruno Ribeiro
Especial para o Diário

24/02/2006 | 08:30


Cerca de 200 alunos da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano fizeram uma manifestação na avenida Paraíso, Vila Gerte, contra a proibição de alunos inadimplentes efetuarem a rematrícula na Faculdade. A instituição tem cerca de 500 alunos. A rua não foi fechada, mas as calçadas em frente à entrada foram tomadas por alunos com narizes de palhaços, segurando faixas e cartazes pedindo reabertura do diálogo. Os manifestantes alegam que as opções de pagamento oferecidas pela instituição de ensino são impraticáveis, e insistem em buscar outras soluções. A faculdade, no entanto, teria encerrado as negociações sem apresentar outra alternativa, o que motivou a manifestação.

A única opção para os alunos terem a rematrícula aceita seria pagar 50% da dívida até sexta-feira, e o restante em até oito vezes, de acordo com os alunos. O protesto teve início às 19h e correu de forma pacífica. Os alunos trouxeram um carro de som, faixas e cartazes pedindo a abertura de diálogo, e ocuparam a calçada em frente à entrada principal da escola. 20% dos estudantes estão com as mensalidades em atraso, e seriam impedidos por seguranças – instalados na porta de cada uma das salas – de assistir às aulas.

A faculdade nega que o número de inadimplentes seja elevado, e afirma que sempre esteve aberta ao diálogo para quitar as mensalidades. O motivo de haver alunos não-rematriculados é que eles próprios não procuraram a faculdade para negociar. Na visão da instituição, o número de manifestantes foi alto porque os alunos com mensalidade em dia se solidarizaram com os demais. A direção afirma que marcou para o próximo dia 6 uma reunião com os mantenedores da faculdade para rever o caso dos inadimplentes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;