Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Confiança das empresas cai ligeiramente no 1º tri



14/03/2012 | 01:27


O índice de confiança entre as grandes empresas do Japão piorou ligeiramente no trimestre janeiro-março, revela uma pesquisa do governo apresentada nesta Quarta-feira. As empresas, porém, estão mais otimistas quanto às perspectivas econômicas futuras, em meio à crescente percepção de que a economia do país está entrando em uma recuperação, indica o levantamento.

 

O índice que mede a confiança entre as grandes empresas ficou em -2,7 no primeiro trimestre de 2012, ante os -2,5 anotados no trimestre anterior, informou pesquisa conjunta do Ministério das Finanças e do Gabinete do Governo japonês. A pesquisa, porém, usou dados levantados entre 23 de janeiro e 23 de fevereiro, que podem não refletir plenamente eventuais mudanças na confiança das empresas por conta do enfraquecimento do iene e do aumento do índice Nikkei, da Bolsa de Valores de Tóquio, disseram funcionários do governo. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Confiança das empresas cai ligeiramente no 1º tri


14/03/2012 | 01:27


O índice de confiança entre as grandes empresas do Japão piorou ligeiramente no trimestre janeiro-março, revela uma pesquisa do governo apresentada nesta Quarta-feira. As empresas, porém, estão mais otimistas quanto às perspectivas econômicas futuras, em meio à crescente percepção de que a economia do país está entrando em uma recuperação, indica o levantamento.

 

O índice que mede a confiança entre as grandes empresas ficou em -2,7 no primeiro trimestre de 2012, ante os -2,5 anotados no trimestre anterior, informou pesquisa conjunta do Ministério das Finanças e do Gabinete do Governo japonês. A pesquisa, porém, usou dados levantados entre 23 de janeiro e 23 de fevereiro, que podem não refletir plenamente eventuais mudanças na confiança das empresas por conta do enfraquecimento do iene e do aumento do índice Nikkei, da Bolsa de Valores de Tóquio, disseram funcionários do governo. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;