Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Líder do Irã ordena revisão de pena de intelectual, diz jornal


Do Diário OnLine
Com AFP

17/11/2002 | 16:37


O líder religioso e político do Irã, Ali Khamenei, ordenou neste domingo a revisão da pena de morte do intelectual Hachem Aghajari, segundo o jornal conservador Jomhuri-Eslami. O objetivo é tentar acabar com a onda de protestos de estudantes do país.

O professor universitário Hachem Aghajari foi condenado à pena de morte em 6 de novembro, por ter colocado em xeque o sistema político no Irã. Segundo o acadêmico, a liderança política deve ficar separada da religiosa.

Intolerância - Voluntários islamitas atacaram com violência neste domingo centenas de estudantes que estavam reunidos no anfiteatro da Universidade Allameh para protestar contra a condenação à morte do intelectual. A polícia não se meteu no confronto.

Membros dos islamitas (bassiyis) jogaram cadeiras e arrancaram carteiras dentro do anfiteatro. Não há informações sobre feridos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Líder do Irã ordena revisão de pena de intelectual, diz jornal

Do Diário OnLine
Com AFP

17/11/2002 | 16:37


O líder religioso e político do Irã, Ali Khamenei, ordenou neste domingo a revisão da pena de morte do intelectual Hachem Aghajari, segundo o jornal conservador Jomhuri-Eslami. O objetivo é tentar acabar com a onda de protestos de estudantes do país.

O professor universitário Hachem Aghajari foi condenado à pena de morte em 6 de novembro, por ter colocado em xeque o sistema político no Irã. Segundo o acadêmico, a liderança política deve ficar separada da religiosa.

Intolerância - Voluntários islamitas atacaram com violência neste domingo centenas de estudantes que estavam reunidos no anfiteatro da Universidade Allameh para protestar contra a condenação à morte do intelectual. A polícia não se meteu no confronto.

Membros dos islamitas (bassiyis) jogaram cadeiras e arrancaram carteiras dentro do anfiteatro. Não há informações sobre feridos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;