Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Diretor da OIT compara economia mundial a um cassino


Do Diário do Grande ABC

15/02/2000 | 10:53


O advogado chileno Juan Somavía, diretor da Organizaçao Internacional do Trabalho (OIT), criticou esta terça-feira o manejo da economia mundial ``como um cassino'' em que só uma minoria ganha, e advertiu sobre a violenta reaçao popular que pode ocorrer no mundo.

``Por que é necessário que o custo do ajuste estrutural (da economia mundial) caia nas costas dos pobres?'', perguntou Somavía ao proferir um discurso ante a X Conferência das Naçoes Unidas sobre o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD).

Somavía lançou uma advertência sobre um modelo de mundializaçao que empobrece os países em vias de desenvolvimento e, ``o que é preocupante e perigoso'', pode provocar uma violenta reaçao popular contra a economia globalizada, tanto no Norte como no Sul.

O diretor geral da OIT endossou assim as reivindicaçoes dos militantes antimundializaçao que se manifestam todos os dias em frente ao centro de conferências de Bangcoc, onde se realiza, desde o último sábado, a reuniao da UNCTAD.

As autoridades tailandesas querem impedir a repetiçao dos confrontos contra a mundializaçao que ocorreram nas reunioes da OMC em Seattle (EUA) e no Foro Econômico de Davos (Suíça).

Cerca de 7 mil policiais foram mobilizados para esta conferência, que terminará no próximo sábado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;