Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Brasil pede aos EUA para ampliarem cota de aço


Do Diário OnLine

20/03/2002 | 11:20


O governo brasileiro fez na terça-feira um pedido formal, na Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra, para que os Estados Unidos revejam a imposição de tarifas que variam entre 8% e 30% sobre o aço importado. A intenção é conseguir a ampliação da cota de aço semi-acabado vendido para os EUA sem a cobrança de sobretaxa, de acordo com a assessoria do Ministério das Relações Exteriores.

O Brasil quer que a cota livre de sobretaxa seja ampliada dos atuais 2,5 milhões de toneladas anuais para 3,5 milhões de toneladas. O governo estima que o prejuízo deve ficar em US$ 90 milhões no primeiro graças às medidas norte-americanas.

A consulta já estava prevista na agenda de negociação dos dois países e não se trata, ainda, de um recurso ao Órgão de Solução de Controvérsias da OMC.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;