Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Vanessa Damo assume comando do Ibama em São Paulo

Ricardo Trida/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-deputada estadual foi nomeada ontem para
posto e deve iniciar trabalho nesta quinta-feira


Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

20/07/2016 | 07:00


A ex-deputada estadual Vanessa Damo (PMDB) foi nomeada ontem para a superintendência do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) em São Paulo. A peemedebista substituirá Murilo Reple Penteado Rocha no posto. A indicação foi publicada ontem no Diário Oficial da União e a posse ocorrerá até amanhã.

“Eu me sinto muito honrada por receber esse convite do (presidente interino) Michel Temer (PMDB). (A indicação) Mostra que a região continua sendo contemplada (com espaço no governo federal). Tenho especialização internacional em gestão ambiental e agora vou poder fazer a junção do meu currículo com a experiência política”, discorreu Vanessa.

A peemedebista é o primeiro quadro do Grande ABC no governo interino de Temer. As sete cidades vinham perdendo espaço no Palácio do Planalto desde o segundo governo da hoje presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Antes do processo de impeachment, a região, tida como berço do petismo, contava apenas com Miriam Belchior (PT-Santo André) na presidência da Caixa Econômica Federal e com Arthur Chioro (PT), ex-secretário de Saúde de São Bernardo e que foi ministro da área entre fevereiro e setembro do ano passado.

Apesar de ser o primeiro cargo no Executivo, Vanessa destacou que sua atuação como relatora da CPI da queima da palha da cana-de-açúcar, na Assembleia Legislativa, contribuirá para atuar no órgão ambiental da União. “Hoje existe um protocolo agro-ambiental que é feito pelo governo estadual em parceria com as usinas para que haja cada vez menos queimadas. E esse documento nasceu baseado nesse relatório que formulei na CPI”, explicou Vanessa. “É um grande desafio, que eu tomo com bastante humildade e responsabilidade porque sei o que representa o Ibama no País e, em especial no Estado. A questão ambiental é extremamente relevante e muito abrangente”, completou.

Vanessa garantiu que a nova ocupação não a impedirá de participar pessoalmente da disputa municipal de outubro. A peemedebista abriu mão de disputar o Paço e decidiu apoiar o deputado estadual Atila Jacomussi (PSB), cuja vice será o marido da parlamentar, o presidente do PMDB mauaense, José Carlos Orosco Júnior. “Vou fazer campanha fora do horário de expediente”, disse. Como superintendente do Ibama, Vanessa terá salário de R$ 17.514,32 por mês.

Então deputada estadual, Vanessa foi cassada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em abril, após a Corte negar recurso da peemedebista contra condenação por crime eleitoral cometido em 2012, quando disputou o segundo turno do pleito municipal com o hoje prefeito Donisete Braga (PT). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vanessa Damo assume comando do Ibama em São Paulo

Ex-deputada estadual foi nomeada ontem para
posto e deve iniciar trabalho nesta quinta-feira

Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

20/07/2016 | 07:00


A ex-deputada estadual Vanessa Damo (PMDB) foi nomeada ontem para a superintendência do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) em São Paulo. A peemedebista substituirá Murilo Reple Penteado Rocha no posto. A indicação foi publicada ontem no Diário Oficial da União e a posse ocorrerá até amanhã.

“Eu me sinto muito honrada por receber esse convite do (presidente interino) Michel Temer (PMDB). (A indicação) Mostra que a região continua sendo contemplada (com espaço no governo federal). Tenho especialização internacional em gestão ambiental e agora vou poder fazer a junção do meu currículo com a experiência política”, discorreu Vanessa.

A peemedebista é o primeiro quadro do Grande ABC no governo interino de Temer. As sete cidades vinham perdendo espaço no Palácio do Planalto desde o segundo governo da hoje presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Antes do processo de impeachment, a região, tida como berço do petismo, contava apenas com Miriam Belchior (PT-Santo André) na presidência da Caixa Econômica Federal e com Arthur Chioro (PT), ex-secretário de Saúde de São Bernardo e que foi ministro da área entre fevereiro e setembro do ano passado.

Apesar de ser o primeiro cargo no Executivo, Vanessa destacou que sua atuação como relatora da CPI da queima da palha da cana-de-açúcar, na Assembleia Legislativa, contribuirá para atuar no órgão ambiental da União. “Hoje existe um protocolo agro-ambiental que é feito pelo governo estadual em parceria com as usinas para que haja cada vez menos queimadas. E esse documento nasceu baseado nesse relatório que formulei na CPI”, explicou Vanessa. “É um grande desafio, que eu tomo com bastante humildade e responsabilidade porque sei o que representa o Ibama no País e, em especial no Estado. A questão ambiental é extremamente relevante e muito abrangente”, completou.

Vanessa garantiu que a nova ocupação não a impedirá de participar pessoalmente da disputa municipal de outubro. A peemedebista abriu mão de disputar o Paço e decidiu apoiar o deputado estadual Atila Jacomussi (PSB), cuja vice será o marido da parlamentar, o presidente do PMDB mauaense, José Carlos Orosco Júnior. “Vou fazer campanha fora do horário de expediente”, disse. Como superintendente do Ibama, Vanessa terá salário de R$ 17.514,32 por mês.

Então deputada estadual, Vanessa foi cassada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em abril, após a Corte negar recurso da peemedebista contra condenação por crime eleitoral cometido em 2012, quando disputou o segundo turno do pleito municipal com o hoje prefeito Donisete Braga (PT). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;