Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Incêndio mata duas crianças em Sto.André

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Garotos de 4 e 7 anos estavam sozinhos em casa quando chamas se espalharam pelos cômodos


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

19/06/2016 | 07:00


Duas crianças entre 4 e 7 anos morreram na noite de ontem durante um incêndio residencial, em Santo André. A Polícia Civil ainda investiga as causas do incidente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas se iniciaram por volta das 19h30 num dos quartos da residência, localizada na Avenida São Paulo, no bairro Cidade São Jorge. Ao todo, cinco viaturas da corporação foram deslocadas para atender a ocorrência

Ao chegar ao local, a equipe encontrou as duas crianças, ambas do sexo masculino, já desacordadas. A corporação trabalha com a hipótese de que os dois morreram intoxicados.

Segundo familiares, P.A.T., 4 anos, e seu irmão L.O.T., 7, estavam sozinhos em casa no momento do incêndio. “A avó paterna deles, que possui a guarda de ambos, tinha saído, mas a porta da residência estava aberta”, disse um parente que não quis se identificar.

Abalada com a situação, a avó das crianças foi encaminhada para o 1º DP (Centro) de Santo André para prestar depoimento. A mesma tinha a guarda dos garotos desde que a mãe deles faleceu.

Policiais apontam a troca do forro de madeira da residência por materiais de PVC, feita nesta semana pela família, como a causa mais provável pelo incêndio. Entretanto, a Polícia Técnico-Cientifica ainda deve realizar novas investigações no decorrer desta semana.

 

AJUDA

Logo após notarem o incêndio, vizinhos da família relatam ter tentado controlar as chamas e salvar as crianças. “Senti um cheiro muito forte, quando saí de casa vi uma fumaça muito intensa. Pedi para meu sobrinho ir lá, mas ele só conseguiu salvar a bisavó das crianças que mora na casa ao lado”, relata.

Enquanto o Corpo de Bombeiros não chegava ao local, uma parente da família que não quis se identificar disse ter pedido ajuda para vizinhos controlarem o incêndio. “Pegamos mangueira e balde, mas não conseguimos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;