Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Central do Brasil' vence o Globo de Ouro


Vivian Whiteman
Da Redaçao 

25/01/1999 | 08:15


E Hollywood começou a se curvar a Central do Brasil. A fita de Walter Salles Jr., estandarte máximo da retomada do cinema brasileiro, conquistou o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, em cerimônia realizada domingo, em Los Angeles.  Foi a 56ª ediçao do prêmio, concedido anualmente pela Hollywood Foreign Press Association, entidade que reúne os jornalistas estrangeiros que trabalham em Hollywood. É a primeira vez que um filme brasileiro sai vencedor no Globo de Ouro.  

Para conquistar o 28º prêmio de sua invejável carreira, iniciada no Festival Sundance de 1998, a fita bateu fortes concorrentes, como Festa de família, do dinamarquês Thomas Vintenberg, e Tango, de Carlos Saura. Fernanda Montenegro concorria ao título de melhor atriz dramática, mas perdeu para a neozelandesa Cate Blanchett, estrela de Elizabeth.   

Salles Jr. divulgou nesta segunda uma nota oficial, na qual analisa o Globo de Ouro como uma conquista coletiva: "Ficamos todos felizes pelo reconhecimento dado ao cinema brasileiro. Este prêmio nao é apenas da família que tornou Central do Brasil possível, mas sim de todos aqueles que acreditaram na possibilidade da retomada da nossa cinematografia, depois dos anos negros do período Collor. Portanto, esse prêmio, que também é da Riofilme e dos mestres que nos inspiraram, deve ser dividido com os jovens cineastas do nosso país".

Apesar da resistência de Salles Jr. em falar sobre o Oscar, tornou-se praticamente impossível seu filme nao estar entre os indicados da Academia, que serao anunciados em 9 de fevereiro - isso porque o Globo de Ouro é considerado uma espécie de prévia da maior premiaçao de Hollywood. Pela mesma razao, caso seja indicado na categoria de melhor filme estrangeiro, Central do Brasil será um dos mais fortes concorrentes à estatueta. 

Spielberg e Shakespeare - Confirmando o favoritismo, Steven Spielberg ficou com os Globo de Ouro de melhor diretor e melhor filme dramático, por O resgate do soldado Ryan. Além de algumas categorias técnicas, a fita deve levar os mesmos prêmios também na cerimônia do Oscar.  

Shakespeare apaixonado, de John Madden, ficou com o Globo de melhor comédia, como era esperado. A protagonista da fita, Gwyneth Paltrow, levou o prêmio de melhor atriz em comédia, deixando Cameron Diaz e Meg Ryan para trás. O roteiro de Marc Norman e Tom Stoppard bateu o de Andrew Niccols, tido como favorito por O show de Truman.  

De suas seis indicaçoes, a fita de Peter Weir só levou dois prêmios: o de melhor ator dramático, para Jim Carrey, e o de melhor ator coadjuvante, para Ed Harris. Ao lado de Shakespeare e Ryan, O show de Truman completa o trio de produçoes que deve dividir as atençoes na festa da Academia. 

Quem levou - Confira a seguir a lista dos premiados na festa do Globo de Ouro:

Cinema:

Melhor filme dramático: O resgate do soldado Ryan
Melhor filme comédia/musical: Shakespeare apaixonado;
Diretor: Steven Spielberg (por O resgate do soldado Ryan);
Atriz dramática: Cate Blanchett (Elizabeth);
Ator dramático: Jim Carrey (O show de Truman);
Atriz em comédia: Gwyneth Paltrow (Shakespeare apaixonado);
Ator em comédia: Michael Caine (Little voice);
Filme estrangeiro: Central do Brasil;
Atriz coadjuvante: Lynn Redgrave (Gods and monsters);
Ator coadjuvante: Ed Harris (O show de Truman);
Roteiro: Marc Norman e Tom Stoppard (Shakespeare apaixonado);
Trilha sonora: O show de Truman;
Cançao original: The prayer (A espada mágica).

TV

Melhor série dramática: O desafio;
Ator dramático:Dyllan McDermont (O desafio);
Atriz dramática: Kuri Russell (Felicity);
Série comédia/musical: Ally McBeal;
Ator em comédia/musical: Michael J. Fox (Spin city);
Atriz em comédia/musical: Jenna Elfman (Dharma & Greg);
Minissérie ou filme para TV: Da Terra à Lua;
Ator em série, minissérie ou filme de TV: Stanley Tucci (Winchell);
Atriz em série, minissérie ou filme de TV: Angelina Jolie (Gia);
Ator coadjuvante em série, minissérie ou filme de TV: Don Cheadle (The rat pack) e Gregory Peck (Moby Dick);
Atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme de TV: Faye Dunaway (Gia) e Camryn Maheim (O desafio).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;