Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Por que as plantas mudam de cor?

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Elas produzem o próprio alimento por meio de nutrientes que são necessários para ficarem vivas


Bruna Almeida
Especial para o Diário

14/06/2015 | 07:15


As plantas mudam de cor quando elas têm fome. Assim como qualquer ser vivo, elas precisam de substâncias que lhes deixem vivas. No entanto, quando ficam sem os nutrientes necessários para produzir o próprio alimento, a cor verde muda aos poucos, passando geralmente para tons de amarelo e vermelho, até chegarem à morte, ficando pretas. 

Além da luz, água e gás carbônico, as plantas precisam se alimentar com minerais, casos de nitrogênio, cálcio, magnésio, ferro e zinco, entre outros. Quando lhe faltam esses nutrientes, ocorrem certas desordens fisiológicas, a exemplo da desestabilização da clorofila (componente responsável por captar a luz do Sol para a realização da fotossíntese).

Quando saudável, a planta é verde. Entretanto, para chegar na coloração amarela, que ocorre na falta de nutrientes, ela passa por um período de transação. Ou seja, essa cor vai aparecendo lentamente. Não é algo que ocorre do dia para a noite.

O excesso de nutrientes para as plantas também é ruim e pode ocasionar a mudança da coloração. Quando ela recebe nutrientes demais, ainda que sejam os que usa para fazer o próprio alimento, ela pode morrer e, assim, ficar preta.

Qualquer espécie de planta pode mudar de cor com a falta ou com o excesso de nutrientes, que são imprescindíveis à sua sobrevivência. No caso da família Myrtaceae, as folhas podem ganhar a coloração roxa.

Outono é marcado pela troca de folha das plantas

O outuno é conhecido pelo início das baixas temperaturas, começo do frio e troca de folhas de algumas árvores. Para que ocorra essa mudança, as folhas caem. Esse tipo de fenômeno ocorre por causa de uma estratégia da planta para se manter viva. 

Nesse período, com a diminuição das chuvas (outra característica do período do outono), elas precisam poupar água e nutrientes. A ideia é se desfazer das folhas para que lhe sobrem mais dos alimentos necessários para se manterem vivas. 

Depois desse processo, outra leva de folhas e flores nasce. Tudo se repete com o passar dos anos. Já estamos dentro do outono e a estação segue até dia 21. 

Consultoria de Danilo Eduardo Rozane, professor e doutor de agronomia da Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;