Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Como são formados os anéis de saturno?

Arquivo Pessoal  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ele não é o único a contar com os famosos arcos ao seu redor


Caroline Ribeiro

26/04/2015 | 07:00


Existem duas teorias sobre a formação dos anéis de Saturno. A primeira sugere que eles seriam restos de uma lua do planeta resultados de batidas que teve com meteoroides (objetos menores que um asteroide e maiores que um átomo ou uma molécula). Já a outra teoria diz que eles surgiram por meio de um evento catastrófico (acidente causado pela natureza) da colisão de cometas, e que os anéis seriam formados por pedaços que se dividiram em milhares de partes ao se aproximarem do planeta. Recentemente, foi constatado que essas colisões são mais frequentes do que se pensava.

Todos se agruparam em sete grandes anéis, batizados pelas letras D, C, B, A, F, G e E (do mais próximo do planeta ao mais distante). Eles foram nomeados em ordem alfabética na sequência que foram descobertos pelos cientistas e, apesar de serem os principais, ainda há outros anéis orbitando o planeta. Alguns blocos de gelo e rocha que compõem os anéis são do tamanho de um grão de arroz, enquanto outros podem chegar a serem comparados com o tamanho de uma montanha de tão grandes.

Os planetas jovianos (gigantes e gasosos) como Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, possuem anéis. Porém, apenas Saturno se destaca, já que as chamadas ‘joias espaciais’ dos outros são quase imperceptíveis se comparadas a ele. Já os planetas telúricos (pequenos e rochosos), casos de Mercúrio, Vênus, Marte e a Terra, não possuem anéis.

Planeta é o segundo maior do Sistema Solar

O Sistema Solar é formado por uma estrela, o Sol, oito planetas (Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) e cinco planetas anões (Ceres, Plutão, Haumea, Makemake e Eris), mais de 181 satélites naturais (luas que orbitam planetas e asteroides), além de cometas e o restante do meio interplanetário.

Saturno é o sexto planeta do Sistema Solar e o segundo maior, perdendo apenas para Júpiter. Seu nome é derivado de um deus da mitologia greco-romana e ele é o mais distante da Terra que pode ser observado a olho nu, sem a ajuda de qualquer tipo de equipamento.

Uma característica curiosa sobre esse corpo celeste é a de que apesar de gigantesco, ele é o único planeta do conjunto menos denso do que a água. Por exemplo, se fosse mergulhado em um balde gigante de água, ele flutuaria



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Como são formados os anéis de saturno?

Ele não é o único a contar com os famosos arcos ao seu redor

Caroline Ribeiro

26/04/2015 | 07:00


Existem duas teorias sobre a formação dos anéis de Saturno. A primeira sugere que eles seriam restos de uma lua do planeta resultados de batidas que teve com meteoroides (objetos menores que um asteroide e maiores que um átomo ou uma molécula). Já a outra teoria diz que eles surgiram por meio de um evento catastrófico (acidente causado pela natureza) da colisão de cometas, e que os anéis seriam formados por pedaços que se dividiram em milhares de partes ao se aproximarem do planeta. Recentemente, foi constatado que essas colisões são mais frequentes do que se pensava.

Todos se agruparam em sete grandes anéis, batizados pelas letras D, C, B, A, F, G e E (do mais próximo do planeta ao mais distante). Eles foram nomeados em ordem alfabética na sequência que foram descobertos pelos cientistas e, apesar de serem os principais, ainda há outros anéis orbitando o planeta. Alguns blocos de gelo e rocha que compõem os anéis são do tamanho de um grão de arroz, enquanto outros podem chegar a serem comparados com o tamanho de uma montanha de tão grandes.

Os planetas jovianos (gigantes e gasosos) como Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, possuem anéis. Porém, apenas Saturno se destaca, já que as chamadas ‘joias espaciais’ dos outros são quase imperceptíveis se comparadas a ele. Já os planetas telúricos (pequenos e rochosos), casos de Mercúrio, Vênus, Marte e a Terra, não possuem anéis.

Planeta é o segundo maior do Sistema Solar

O Sistema Solar é formado por uma estrela, o Sol, oito planetas (Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) e cinco planetas anões (Ceres, Plutão, Haumea, Makemake e Eris), mais de 181 satélites naturais (luas que orbitam planetas e asteroides), além de cometas e o restante do meio interplanetário.

Saturno é o sexto planeta do Sistema Solar e o segundo maior, perdendo apenas para Júpiter. Seu nome é derivado de um deus da mitologia greco-romana e ele é o mais distante da Terra que pode ser observado a olho nu, sem a ajuda de qualquer tipo de equipamento.

Uma característica curiosa sobre esse corpo celeste é a de que apesar de gigantesco, ele é o único planeta do conjunto menos denso do que a água. Por exemplo, se fosse mergulhado em um balde gigante de água, ele flutuaria

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;