Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Maurício Soares sela paz com antigo desafeto


Juliana Finardi
Da Redaçao

07/06/2000 | 01:10


  O prefeito Maurício Soares (PPS) deve sentar-se à mesma mesa para tomar café da manha com o presidente da Acisbec (Associaçao Comercial e Industrial de Sao Bernardo do Campo), Valter Moura, seu antigo desafeto. O encontro, que deve selar as pazes dos dois, é o primeiro Café Empresarial, que a associaçao promoverá regularmente com outros convidados.

O convite a Maurício foi feito pelo próprio Moura e, segundo a assessoria de imprensa do prefeito, aceito. "Isso é uma açao institucional. Convidamos o prefeito e também outras autoridades do município. Acho importante esse inter-relacionamento entre o poder público e a Acisbec. Vamos ouvi-lo sobre a administraçao municipal e promover um bate-papo bem geral, amplo e informal", disse Moura.

Ele também informou que o encontro dará início a uma série que trará à Acisbec representantes de diferentes instâncias de poder da cidade. A intençao também é trazer políticos detentores de mandato em Sao Bernardo para conversar com empresários. "Pretendemos conversar para saber o que eles fizeram nos últimos quatro anos e o que querem fazer se reeleitos. Os encontros possibilitarao que fiquemos a par de tudo o que ocorre", disse.

O presidente acrescentou que o prefeito é a maior autoridade do município e que por isso foi convidado para o primeiro Café Empresarial. Também confirmaram presença o delegado seccional, Pedro Liberal, o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Sao Bernardo, Ferdinando Credídio e membros do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de Sao Paulo).

Moura foi secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo no início da gestao Maurício Soares, mas pediu demissao antes que o prefeito o exonerasse do cargo. O motivo foram divergências em processos administrativos. O relacionamento do prefeito com o ex-secretário, entao, ficou estremecido durante quase quatro anos. Só neste ano é que os dois começaram a se reaproximar.

Sobre a saia-justa com Maurício, Moura afirmou que as desavenças entre os dois é coisa do passado. "Tenho minhas convicçoes, e ele as dele, mas nao podemos viver virando as costas um para o outro. Temos de pensar na comunidade e entender que as pessoas sao efêmeras, mas o município fica. Nos conhecemos há mais de 30 anos e o problema político foi circunstancial e já superado", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;