Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Anistia Internacional apóia condenação de Ubiratan Guimarães


Do Diário OnLine

30/06/2001 | 14:47


A Anistia Internacional declarou apoio à condenação do coronel da Polícia Militar Ubiratan Guimarães, considerado responsável pelo massacre do Carandiru, que resultou na morte de 111 detentos, em 2 de outubro de 1992. Na madrugada desta sexta-feira, o júri popular condenou o coronel a 632 anos de prisão.

"Os policiais em posição de comando são responsáveis pelas ações de seus subordinados e pelas violações dos direitos humanos cometidas pela polícia sem respeitar os direitos dos setores marginalizados da sociedade", declarou a Anistia.

Para a organização, a decisão do júri mostra que a sociedade brasileira não aceita mais atribuir a responsabilidade deste tipo de acontecimento ao sistema prisional brasileiro, eximindo de culpa os profissionais que estão no comando. "É hora de fazer com que os detentores de cargos políticos também respondam pela sua desconcertante complacência com as graves violações dos direitos humanos que ocorrem sob sua autoridade", acrescenta a Anistia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;