Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

CPI investigará 'máfia dos combustíveis' em SP


Do Diário OnLine

05/03/2002 | 23:35


A Câmara Municipal de São Paulo instalou nesta terça-feira uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação das chamadas "máfia dos combustíveis" nos postos de gasolina da cidade.

A CPI dos Postos, aprovada por um acordo de lideranças, substituirá a CPI do Lixo, encerrada no final do ano passado. A nova comissão será presidida pelo vereador Jooji Hato (PMDB). Os outros membros devem ser indicados pelo PT, PSDB, PMDB, PPB, PL e PTB.

Além da adulteração de combustíveis, serão analisadas outras denúncias, como sonegação fiscal, condições de uso dos tanques e alvará de funcionamento.

Nesta terça, o promotor José Carlos Blat, integrante do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), informou que o recém-criado Grupo Nacional de Combate das Organizações Criminosas Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rêgo Santos já promove reuniões no Ministério Público do Distrito Federal para traçar as diretrizes de combate à máfia dos combustíveis.

Segundo Blat, nas reuniões são trocadas informações entre os promotores a respeito da adulteração dos combustíveis para criar um banco de dados com essas informações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CPI investigará 'máfia dos combustíveis' em SP

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;