Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula recebe o primeiro RIC, o novo RG dos brasileiros


Beto Silva
Enviado especial a Brasília

30/12/2010 | 18:46


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu na última quarta-feira, no Palácio da Justiça, em Brasília, o primeiro exemplar do novo RG brasileiro, o RIC (Registro de Identidade Civil). O cartão é semelhante a um cartão de crédito, possui chip e tem informações vinculadas a impressões digitais. O petista não discursou e frustrou os quase 50 jornalistas que aguardavam seu pronunciamento.

O RIC 001 foi entregue a Lula pelo ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e o de número 002 teve como destinatária a primeira-dama, Marisa Letícia. Em 2011, serão produzidos 2 milhões de cartões, que possuem vários sistemas de segurança contra falsificação. As primeiras cidades que participarão do projeto são Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN) e Rio Sono (TO).

A expectativa é que em dez anos todos os cidadãos brasileiros sejam contemplados com o RIC. Até que aconteçam as trocas de documentos, o RG continua valendo. O atual Registro Geral está em vigência há 27 anos e ao longo desse tempo passou por pequenas alterações. Hoje começam a ser veiculados os primeiros comerciais do novo documento. O neto de Lula, de três meses, será garoto propaganda de peças publicitárias impressas.

"É um dos documentos mais modernos do mundo", avaliou Barreto. O RIC também substituirá o título de eleitor, tão criticado por não ter foto. Esse novo sistema de chip também poderá ampliar o voto em trânsito e eliminar o comprovante de votação", disse o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Ricardo Lewandowski, parceiro do projeto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula recebe o primeiro RIC, o novo RG dos brasileiros

Beto Silva
Enviado especial a Brasília

30/12/2010 | 18:46


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu na última quarta-feira, no Palácio da Justiça, em Brasília, o primeiro exemplar do novo RG brasileiro, o RIC (Registro de Identidade Civil). O cartão é semelhante a um cartão de crédito, possui chip e tem informações vinculadas a impressões digitais. O petista não discursou e frustrou os quase 50 jornalistas que aguardavam seu pronunciamento.

O RIC 001 foi entregue a Lula pelo ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e o de número 002 teve como destinatária a primeira-dama, Marisa Letícia. Em 2011, serão produzidos 2 milhões de cartões, que possuem vários sistemas de segurança contra falsificação. As primeiras cidades que participarão do projeto são Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN) e Rio Sono (TO).

A expectativa é que em dez anos todos os cidadãos brasileiros sejam contemplados com o RIC. Até que aconteçam as trocas de documentos, o RG continua valendo. O atual Registro Geral está em vigência há 27 anos e ao longo desse tempo passou por pequenas alterações. Hoje começam a ser veiculados os primeiros comerciais do novo documento. O neto de Lula, de três meses, será garoto propaganda de peças publicitárias impressas.

"É um dos documentos mais modernos do mundo", avaliou Barreto. O RIC também substituirá o título de eleitor, tão criticado por não ter foto. Esse novo sistema de chip também poderá ampliar o voto em trânsito e eliminar o comprovante de votação", disse o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Ricardo Lewandowski, parceiro do projeto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;