Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Austrália mantém taxa básica de juros em 2,50%



07/10/2014 | 03:16


O Banco da Reserva da Austrália (RBA) anunciou a manutenção da taxa básica de juros em 2,50% após reunião de política monetária nesta terça-feira. O RBA reiterou seu panorama de estabilidade nas taxas, sinalizando mais uma vez que a mínima histórica pode ser mantida por mais alguns meses.

"No julgamento do conselho, a política monetária está configurada apropriadamente para promover o crescimento sustentável na demanda e a inflação em resultados condizentes com a meta", disse a autoridade monetária.

Essa é a 13ª reunião consecutiva sem nenhuma mudança na taxa e a nona reunião onde o RBA oferece a mesma orientação, referindo-se a "um período de estabilidade nas taxas de juros". O RBA cortou 225 pontos bases na taxa básica de juros desde que o ciclo de relaxamento monetário teve início, em novembro de 2011.

O RBA fez algumas mudanças importantes em relação a sua última declaração, no mês passado, mais notadamente no que se refere à taxa de câmbio, mercado imobiliário e investimentos na economia.

Sobre a taxa de câmbio, a autoridade monetária disse que a recente queda do dólar australiano, em grande parte, "reflete o fortalecimento do dólar dos EUA. Mas a moeda local ainda segue em uma alta histórica, sobretudo levando em conta as novas quedas nos preços das commodities nos últimos meses". A taxa de câmbio elevada "está oferecendo menos apoio do que o esperado para a economia alcançar um crescimento equilibrado", disse o RBA, reiterando declarações anteriores.

Sobre o mercado imobiliário, o RBA se mostrou preocupado com o aumento da participação dos investidores em empréstimos para habitação. Na opinião do banco, se não for controlado, tal movimento pode elevar a atividade especulativa neste mercado, causando um novo aumento nos preços dos imóveis e ampliando os riscos macroeconômicos.

A visão do RBA sobre os investimentos foi mista, mas pode ser considerada ligeiramente positiva de modo geral. A autoridade monetária disse que os gastos com investimentos estão começando a cair significativamente, o que não é uma surpresa, visto que o banco já havia sinalizado a possibilidade. Mas, afirmou que, por outro lado, em "algumas áreas da demanda privada os investimentos estão se expandindo".

Houve certa mudança na fala do RBA sobre emprego na Austrália. Segundo a autoridade, os "dados sobre o mercado de trabalho estão especialmente voláteis", mas a avaliação geral se manteve inalterada. "Vai levar algum tempo para que o desemprego caia de forma consistente", disse.

Sobre a China, o RBA afirmou que os dados recentes sugerem uma desaceleração no crescimento, com o mercado de imóveis apresentando um desafio no curto prazo. Sobre o preço das commodities, a autoridade monetária afirmou que, em termos históricos, os preços continuam altos, mas "os preços de algumas das commodities importantes para Austrália caíram mais nos últimos meses". Fonte: Market News International.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Austrália mantém taxa básica de juros em 2,50%


07/10/2014 | 03:16


O Banco da Reserva da Austrália (RBA) anunciou a manutenção da taxa básica de juros em 2,50% após reunião de política monetária nesta terça-feira. O RBA reiterou seu panorama de estabilidade nas taxas, sinalizando mais uma vez que a mínima histórica pode ser mantida por mais alguns meses.

"No julgamento do conselho, a política monetária está configurada apropriadamente para promover o crescimento sustentável na demanda e a inflação em resultados condizentes com a meta", disse a autoridade monetária.

Essa é a 13ª reunião consecutiva sem nenhuma mudança na taxa e a nona reunião onde o RBA oferece a mesma orientação, referindo-se a "um período de estabilidade nas taxas de juros". O RBA cortou 225 pontos bases na taxa básica de juros desde que o ciclo de relaxamento monetário teve início, em novembro de 2011.

O RBA fez algumas mudanças importantes em relação a sua última declaração, no mês passado, mais notadamente no que se refere à taxa de câmbio, mercado imobiliário e investimentos na economia.

Sobre a taxa de câmbio, a autoridade monetária disse que a recente queda do dólar australiano, em grande parte, "reflete o fortalecimento do dólar dos EUA. Mas a moeda local ainda segue em uma alta histórica, sobretudo levando em conta as novas quedas nos preços das commodities nos últimos meses". A taxa de câmbio elevada "está oferecendo menos apoio do que o esperado para a economia alcançar um crescimento equilibrado", disse o RBA, reiterando declarações anteriores.

Sobre o mercado imobiliário, o RBA se mostrou preocupado com o aumento da participação dos investidores em empréstimos para habitação. Na opinião do banco, se não for controlado, tal movimento pode elevar a atividade especulativa neste mercado, causando um novo aumento nos preços dos imóveis e ampliando os riscos macroeconômicos.

A visão do RBA sobre os investimentos foi mista, mas pode ser considerada ligeiramente positiva de modo geral. A autoridade monetária disse que os gastos com investimentos estão começando a cair significativamente, o que não é uma surpresa, visto que o banco já havia sinalizado a possibilidade. Mas, afirmou que, por outro lado, em "algumas áreas da demanda privada os investimentos estão se expandindo".

Houve certa mudança na fala do RBA sobre emprego na Austrália. Segundo a autoridade, os "dados sobre o mercado de trabalho estão especialmente voláteis", mas a avaliação geral se manteve inalterada. "Vai levar algum tempo para que o desemprego caia de forma consistente", disse.

Sobre a China, o RBA afirmou que os dados recentes sugerem uma desaceleração no crescimento, com o mercado de imóveis apresentando um desafio no curto prazo. Sobre o preço das commodities, a autoridade monetária afirmou que, em termos históricos, os preços continuam altos, mas "os preços de algumas das commodities importantes para Austrália caíram mais nos últimos meses". Fonte: Market News International.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;