Setecidades

Grande ABC se aproxima de 1.400 casos confirmados


O Grande ABC se aproxima dos 1.400 pacientes infectados pelo novo coronavírus – o que representa 0,05% da população das sete cidades (que é de aproximadamente 2,8 milhões de pessoas). De acordo com os boletins epidemiológicos enviados ontem por quatro das sete prefeituras, já são 1.397 os casos confirmados da Covid-19: 391 em São Bernardo; 352 em Santo André; 270 em São Caetano; 206 em Diadema; 107 em Mauá; 54 em Ribeirão Pires; e 17 em Rio Grande da Serra.

Com relação aos dados divulgados no sábado, houve o acréscimo de uma vítima fatal em São Caetano: uma mulher, 69 anos, morreu ontem no hospital Maria Braido – não há informações sobre comorbidades preexistentes. Assim, a cidade chegou a dez óbitos. São Bernardo é o município da região com o maior número neste quesito: 43 fatalidades, contra 23 de Santo André, 13 de Diadema e Mauá, e quatro de Ribeirão Pires.

Já nos dados referentes aos suspeitos de estarem infectados pela doença, o Grande ABC tem 3.948 pessoas aguardando o resultado dos testes. A maioria de São Bernardo: 1,415. São Caetano registrou diminuição neste item: passou de 331 para 287.

As cidades seguem tomando medidas para frear a proliferação da doença. Ontem, em Diadema, a GCM (Guarda Civil Municipal) agiu e deu fim a duas festas, nas ruas Júpiter (no Serraria) e Vereador Gentil de Paula (no Conceição). “Infelizmente estamos vendo jovens que não se conscientizaram da importância do isolamento social, pois a Covid-19 pode matar. Não deixe uma das vítimas ser um familiar seu!”, publicou a Prefeitura, em nota, nas redes sociais.

Os números referentes a São Paulo mostram que o Estado alcançou ontem 1.700 mortes e 20.715 casos confirmados. No Brasil já são 63.100 infectados e 4.286 óbitos.  

Comentários


Veja Também


Voltar