Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Tomate e carne estão mais baratos no Grande ABC

Cesta básica tem queda de 0,51% nos preços, segundo pesquisa da Craisa nos supermercados do Grande ABC


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

13/02/2009 | 07:00


Nesta semana o consumidor economiza um pouco no valor dos itens mais consumidos da cesta básica, que apresentou redução de 0,51%, passando de R$ 324,49 para R$ 322,85. Isso é o que aponta a pesquisa semanal realizada nos supermercados do Grande ABC pela Craisa (Companhia de Abastecimento Integrado de Santo André).

Os produtos que apresentaram as maiores quedas foram: tomate (-15,17%), carne bovina de segunda (-4,02%), margarina cremosa (-3,69%) e batata (-2,94%). No entanto, alimentos consumidos em grandes quantidades, como arroz (-1,19%), feijão (-0,17%), café (-2,32%), pão (-1,04%) e leite (-0,90%) contribuíram para a diminuição do custo do conjunto dos itens da cesta.

Segundo Joel Guerra, responsável pela pesquisa, embora a retração dos valores sejapequena - se limitando a centavos -, ocorreu porque os preços já estavam muito altos. "Assim eles não se sustentam por muito tempo", diz. "No caso da carne de segunda, percebi que os supermercados estão fazendo promoção. Isso pode se justificar pelo fato de as pessoas terem deixado de comprá-la. Por exemplo, quando ela está muito cara, boa parte da população de baixa renda passa a comprar carne de frango. E, com a demanda mais aquecida pelo item, os estabelecimentos sobem o preço", complementa Guerra.

O frango resfriado, de fato, sofreu alta de 2,15%, custando na média R$ 3,56 o quilo. A carne de primeira também está mais cara nesta semana, custando R$ 12,65, elevação de 0,48%.

Outros alimentos que encareceram entre os dias 2 e 8 de fevereiro foram: alface (+9,89%), ovos brancos (+5,58%), banana (+3,31%), açúcar (+3,17%).

Os supermercados que apresentaram produtos mais baratos foram: Coop (Santo André, Diadema e Ribeirão Pires), Joanim (São Bernardo e São Caetano) e Baroneza (Mauá).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tomate e carne estão mais baratos no Grande ABC

Cesta básica tem queda de 0,51% nos preços, segundo pesquisa da Craisa nos supermercados do Grande ABC

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

13/02/2009 | 07:00


Nesta semana o consumidor economiza um pouco no valor dos itens mais consumidos da cesta básica, que apresentou redução de 0,51%, passando de R$ 324,49 para R$ 322,85. Isso é o que aponta a pesquisa semanal realizada nos supermercados do Grande ABC pela Craisa (Companhia de Abastecimento Integrado de Santo André).

Os produtos que apresentaram as maiores quedas foram: tomate (-15,17%), carne bovina de segunda (-4,02%), margarina cremosa (-3,69%) e batata (-2,94%). No entanto, alimentos consumidos em grandes quantidades, como arroz (-1,19%), feijão (-0,17%), café (-2,32%), pão (-1,04%) e leite (-0,90%) contribuíram para a diminuição do custo do conjunto dos itens da cesta.

Segundo Joel Guerra, responsável pela pesquisa, embora a retração dos valores sejapequena - se limitando a centavos -, ocorreu porque os preços já estavam muito altos. "Assim eles não se sustentam por muito tempo", diz. "No caso da carne de segunda, percebi que os supermercados estão fazendo promoção. Isso pode se justificar pelo fato de as pessoas terem deixado de comprá-la. Por exemplo, quando ela está muito cara, boa parte da população de baixa renda passa a comprar carne de frango. E, com a demanda mais aquecida pelo item, os estabelecimentos sobem o preço", complementa Guerra.

O frango resfriado, de fato, sofreu alta de 2,15%, custando na média R$ 3,56 o quilo. A carne de primeira também está mais cara nesta semana, custando R$ 12,65, elevação de 0,48%.

Outros alimentos que encareceram entre os dias 2 e 8 de fevereiro foram: alface (+9,89%), ovos brancos (+5,58%), banana (+3,31%), açúcar (+3,17%).

Os supermercados que apresentaram produtos mais baratos foram: Coop (Santo André, Diadema e Ribeirão Pires), Joanim (São Bernardo e São Caetano) e Baroneza (Mauá).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;