Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo terá testes rápidos de HIV para gestantes

Os exames já eram disponibilizados antes, mas precisavam ser enviados a um laboratório e o resultado demorava duas semanas para ficar pronto


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

09/12/2012 | 07:00


Por meio da capacitação de 200 funcionários dos 32 postos de Saúde de São Bernardo, a Prefeitura começará a oferecer, em janeiro, testes rápidos gratuitos de Aids e Sífilis para gestantes. Os exames já eram disponibilizados antes, mas precisavam ser enviados a um laboratório e o resultado demorava duas semanas para ficar pronto. Agora, o teste é finalizado em 30 minutos.

O objetivo é oferecer o exame já na primeira consulta de pré-natal para evitar que a criança seja contaminada com o vírus. "Se a mãe começar a tratar até o terceiro mês de gestação, a chance de transmitir a Aids (para o filho) cai para menos de 2% e a eliminação da sífilis é de 100%", explica a biomédica e técnica de prevenção do programa municipal DST/Aids Sandra Marini. Para fazer o teste, basta retirar pequena quantidade de sangue do dedo da mão.

Se a mãe for portadora do vírus da Aids e o feto não apresentar a contaminação durante a gravidez, mesmo assim a criança deverá tomar medicação retroviral por seis semanas. Depois disso, é preciso refazer exames. A paciente, ao ser diagnosticada com HIV, deve tomar a mesma medicação para diminuir ao máximo a carga viral. As chances de transmissão aumentam durante a amamentação e no momento do parto.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo terá testes rápidos de HIV para gestantes

Os exames já eram disponibilizados antes, mas precisavam ser enviados a um laboratório e o resultado demorava duas semanas para ficar pronto

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

09/12/2012 | 07:00


Por meio da capacitação de 200 funcionários dos 32 postos de Saúde de São Bernardo, a Prefeitura começará a oferecer, em janeiro, testes rápidos gratuitos de Aids e Sífilis para gestantes. Os exames já eram disponibilizados antes, mas precisavam ser enviados a um laboratório e o resultado demorava duas semanas para ficar pronto. Agora, o teste é finalizado em 30 minutos.

O objetivo é oferecer o exame já na primeira consulta de pré-natal para evitar que a criança seja contaminada com o vírus. "Se a mãe começar a tratar até o terceiro mês de gestação, a chance de transmitir a Aids (para o filho) cai para menos de 2% e a eliminação da sífilis é de 100%", explica a biomédica e técnica de prevenção do programa municipal DST/Aids Sandra Marini. Para fazer o teste, basta retirar pequena quantidade de sangue do dedo da mão.

Se a mãe for portadora do vírus da Aids e o feto não apresentar a contaminação durante a gravidez, mesmo assim a criança deverá tomar medicação retroviral por seis semanas. Depois disso, é preciso refazer exames. A paciente, ao ser diagnosticada com HIV, deve tomar a mesma medicação para diminuir ao máximo a carga viral. As chances de transmissão aumentam durante a amamentação e no momento do parto.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;