Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras ataca o Goiás como favorito na Copa

Como se impôs no confronto anterior (1 a 0, em Goiânia),
os donos da casa precisam só do empate no Pacaembu


Nelson Cilo
Com Agências

24/11/2010 | 07:08


Palmeiras recebe o Goiás, às 21h50 de hoje, no Pacaembu, como favorito a uma das vagas na finalíssima da Copa Sul-Americana diante da LDU ou Independente, que lutam na outra semifinal. Globo, Band e SporTV transmitem. Como se impôs no confronto anterior (1 a 0, em Goiânia), os donos da casa precisam só do empate.

O Palmeiras disputou a última decisão do gênero na Copa Mercosul de 2000. O time do técnico Marco Aurélio parou no Vasco, em pleno Palestra Itália, na histórica virada carioca. Luiz Felipe Scolari saiu no meio daquela temporada. Ele havia conduzido a equipe aos títulos da Mercosul de 1998 e da Libertadores de 1999.

O comandante soube que os ingressos estão esgotados. Segundo ele, é um detalhe importante para recriar o clima de festa ou mesmo elevar ainda mais o envolvimento entre o Palmeiras e a torcida que irá lotar as arquibancadas. "Faça chuva ou faça sol, é o tipo de incentivo que sempre nos fortalece", discursou Scolari, ao se referir aos 37,8 mil bilhetes antecipadamente colocados nas mãos do público.

O ex-goleiro Velloso, personagem de muitas conquistas pelo Palmeiras, esteve ontem na Academia de Futebol para dar força ao novato Deola e a outros amigos que podem alcançar hoje o último degrau do torneio. O antigo ídolo não mediu elogios ao herdeiro da camisa um do Palmeiras. "Deola já provou que tem condições de substituir Marcos, que logo deve encerrar a carreira. Ele precisava de confiança", observou Velloso, que coincidentemente cedeu a vaga para Marcos ao sair do clube.

Comenta-se que o zagueiro Fabrício interessa ao Napoli. Os direitos pertencem à Trafic.

Felipão prega cautela e muita seriedade

Luiz Felipe Scolari não permitiu que a imprensa acompanhasse o treino de ontem na Academia de Futebol. O técnico procurou acertar os últimos detalhes para o duelo do Verdão contra o Goiás.

Depois dos trabalhos, Felipão reuniu o elenco para recomendar muita seriedade na briga pela vaga na Sul-Americana. Apesar da vantagem de 1 a 0 na casa dos goianos, a ordem é não menosprezar o adversário.

O volante Marcos Assunção, um dos principais expedientes nas cobranças de faltas, participou da coletiva e procurou passar aos jornalistas alguns dos conselhos do técnico, especialmente quanto aos riscos na frente de quem, rebaixado no Brasileiro, não teria nada mais a perder no torneio continental. "Não seremos pegos de surpresa", avisou. (das Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras ataca o Goiás como favorito na Copa

Como se impôs no confronto anterior (1 a 0, em Goiânia),
os donos da casa precisam só do empate no Pacaembu

Nelson Cilo
Com Agências

24/11/2010 | 07:08


Palmeiras recebe o Goiás, às 21h50 de hoje, no Pacaembu, como favorito a uma das vagas na finalíssima da Copa Sul-Americana diante da LDU ou Independente, que lutam na outra semifinal. Globo, Band e SporTV transmitem. Como se impôs no confronto anterior (1 a 0, em Goiânia), os donos da casa precisam só do empate.

O Palmeiras disputou a última decisão do gênero na Copa Mercosul de 2000. O time do técnico Marco Aurélio parou no Vasco, em pleno Palestra Itália, na histórica virada carioca. Luiz Felipe Scolari saiu no meio daquela temporada. Ele havia conduzido a equipe aos títulos da Mercosul de 1998 e da Libertadores de 1999.

O comandante soube que os ingressos estão esgotados. Segundo ele, é um detalhe importante para recriar o clima de festa ou mesmo elevar ainda mais o envolvimento entre o Palmeiras e a torcida que irá lotar as arquibancadas. "Faça chuva ou faça sol, é o tipo de incentivo que sempre nos fortalece", discursou Scolari, ao se referir aos 37,8 mil bilhetes antecipadamente colocados nas mãos do público.

O ex-goleiro Velloso, personagem de muitas conquistas pelo Palmeiras, esteve ontem na Academia de Futebol para dar força ao novato Deola e a outros amigos que podem alcançar hoje o último degrau do torneio. O antigo ídolo não mediu elogios ao herdeiro da camisa um do Palmeiras. "Deola já provou que tem condições de substituir Marcos, que logo deve encerrar a carreira. Ele precisava de confiança", observou Velloso, que coincidentemente cedeu a vaga para Marcos ao sair do clube.

Comenta-se que o zagueiro Fabrício interessa ao Napoli. Os direitos pertencem à Trafic.

Felipão prega cautela e muita seriedade

Luiz Felipe Scolari não permitiu que a imprensa acompanhasse o treino de ontem na Academia de Futebol. O técnico procurou acertar os últimos detalhes para o duelo do Verdão contra o Goiás.

Depois dos trabalhos, Felipão reuniu o elenco para recomendar muita seriedade na briga pela vaga na Sul-Americana. Apesar da vantagem de 1 a 0 na casa dos goianos, a ordem é não menosprezar o adversário.

O volante Marcos Assunção, um dos principais expedientes nas cobranças de faltas, participou da coletiva e procurou passar aos jornalistas alguns dos conselhos do técnico, especialmente quanto aos riscos na frente de quem, rebaixado no Brasileiro, não teria nada mais a perder no torneio continental. "Não seremos pegos de surpresa", avisou. (das Agências)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;