Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Peixe escolhe Vila para semifinal

Diretoria encerra mistério e vai encarar Corinthians em casa


da Redação

31/05/2012 | 07:00


O primeiro duelo entre Santos e Corinthians pelas semifinais da Copa Libertadores da América será disputado na Vila Belmiro. A decisão foi anunciada ontem pela diretoria após quase uma semana de mistério. O confronto está agendado para o dia 13, enquanto que o de volta será no dia 20, no Pacaembu. "Tivemos ciência da posição do Corinthians (de decidir no Pacaembu) na reunião da Federação Paulista. Eles não abriram mão, então o Santos fez opção pela sua casa", contou Nei Pandolfo, gerente de futebol do clube.

Embora o Santos tenha cogitado a hipótese de mandar a partida no Morumbi, para melhor atender os associados e faturar mais dinheiro com a venda de ingressos, o pedido da comissão técnica e dos jogadores falou mais alto. Por isso, o Peixe escolheu seu próprio estádio.

"A Vila (Belmiro) é nosso palco, sempre foi. Existia a possibilidade de que o jogo fosse para São Paulo. Foi tentado acordo para fazer a partida no Morumbi, que daria muito mais conforto, mas infelizmente não se conseguiu. Então, foi natural levar o jogo para a Vila, já que em possível final não poderemos atuar lá", destacou Pandolfo.

Depois que o número de associados do programa Sócio-Rei aumentou, a diretoria santista tem encontrado dificuldades para atender a todos os sócios-torcedores que querem assistir aos jogos da equipe. O plano tem 50 mil associados e a Vila Belmiro comporta apenas cerca de 16 mil.

Na véspera da partida contra o Velez Sarsfield, pelas quartas de final da Libertadores, os torcedores cadastrados no Sócio-Rei tiveram dificuldades para comprar entradas, o que gerou protestos antes do confronto com o Sport, pelo Campeonato Brasileiro.

DÚVIDA
O volante Arouca sofreu estiramento no bíceps femural da perna esquerda, no duelo diante do Leão da Ilha, na segunda rodada do Brasileirão, e virou dúvida para o primeiro jogo frente ao Corinthians.

Arouca foi encaminhado ao Centro de Prevenção e Recuperação para Atletas do Futebol e deve ficar afastado por cerca de dez dias. O lateral-direito Galhardo, que chegou recentemente ao clube, sofreu fratura no pé esquerdo e será operado ainda hoje. 

 

Alan Kardec se coloca à disposição para substituir Ganso

Se o meia Paulo Henrique Ganso não se recuperar a tempo de disputar a primeira partida contra o Corinthians pelas semifinais da Libertadores, seu substituto já está pronto. Apesar de ser atacante de origem, Alan Kardec já se colocou à disposição do técnico Muricy Ramalho para ocupar o setor.

Depois de ter conquistado a posição de Borges no ataque, Kardec mostra espírito de equipe e quer ajudar o treinador da melhor maneira possível. No ano passado, quando Ganso se machucou no amistoso da Seleção Brasileira contra Gana, Kardec assumiu a posição no Brasileiro e repetiu a dose no Paulista.

"Quero torcer pela volta do Ganso, que faz muita falta pela organização que impõe, mas estou preparado. Joguei no ano passado e, neste ano, poucas vezes. Se for preciso, estarei à disposição, vou fazer o melhor para ajudar. Sempre trabalho para ajudar, seja pelos lados, recuado ou como centroavante", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peixe escolhe Vila para semifinal

Diretoria encerra mistério e vai encarar Corinthians em casa

da Redação

31/05/2012 | 07:00


O primeiro duelo entre Santos e Corinthians pelas semifinais da Copa Libertadores da América será disputado na Vila Belmiro. A decisão foi anunciada ontem pela diretoria após quase uma semana de mistério. O confronto está agendado para o dia 13, enquanto que o de volta será no dia 20, no Pacaembu. "Tivemos ciência da posição do Corinthians (de decidir no Pacaembu) na reunião da Federação Paulista. Eles não abriram mão, então o Santos fez opção pela sua casa", contou Nei Pandolfo, gerente de futebol do clube.

Embora o Santos tenha cogitado a hipótese de mandar a partida no Morumbi, para melhor atender os associados e faturar mais dinheiro com a venda de ingressos, o pedido da comissão técnica e dos jogadores falou mais alto. Por isso, o Peixe escolheu seu próprio estádio.

"A Vila (Belmiro) é nosso palco, sempre foi. Existia a possibilidade de que o jogo fosse para São Paulo. Foi tentado acordo para fazer a partida no Morumbi, que daria muito mais conforto, mas infelizmente não se conseguiu. Então, foi natural levar o jogo para a Vila, já que em possível final não poderemos atuar lá", destacou Pandolfo.

Depois que o número de associados do programa Sócio-Rei aumentou, a diretoria santista tem encontrado dificuldades para atender a todos os sócios-torcedores que querem assistir aos jogos da equipe. O plano tem 50 mil associados e a Vila Belmiro comporta apenas cerca de 16 mil.

Na véspera da partida contra o Velez Sarsfield, pelas quartas de final da Libertadores, os torcedores cadastrados no Sócio-Rei tiveram dificuldades para comprar entradas, o que gerou protestos antes do confronto com o Sport, pelo Campeonato Brasileiro.

DÚVIDA
O volante Arouca sofreu estiramento no bíceps femural da perna esquerda, no duelo diante do Leão da Ilha, na segunda rodada do Brasileirão, e virou dúvida para o primeiro jogo frente ao Corinthians.

Arouca foi encaminhado ao Centro de Prevenção e Recuperação para Atletas do Futebol e deve ficar afastado por cerca de dez dias. O lateral-direito Galhardo, que chegou recentemente ao clube, sofreu fratura no pé esquerdo e será operado ainda hoje. 

 

Alan Kardec se coloca à disposição para substituir Ganso

Se o meia Paulo Henrique Ganso não se recuperar a tempo de disputar a primeira partida contra o Corinthians pelas semifinais da Libertadores, seu substituto já está pronto. Apesar de ser atacante de origem, Alan Kardec já se colocou à disposição do técnico Muricy Ramalho para ocupar o setor.

Depois de ter conquistado a posição de Borges no ataque, Kardec mostra espírito de equipe e quer ajudar o treinador da melhor maneira possível. No ano passado, quando Ganso se machucou no amistoso da Seleção Brasileira contra Gana, Kardec assumiu a posição no Brasileiro e repetiu a dose no Paulista.

"Quero torcer pela volta do Ganso, que faz muita falta pela organização que impõe, mas estou preparado. Joguei no ano passado e, neste ano, poucas vezes. Se for preciso, estarei à disposição, vou fazer o melhor para ajudar. Sempre trabalho para ajudar, seja pelos lados, recuado ou como centroavante", afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;