Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Kia já enfrenta campanha para contratação de Emerson Leão



10/03/2006 | 08:46


É o início do início. Amigos de Kia Joorabchian já começaram uma singela campanha para que ele perca a resistência em relação ao técnico do Palmeiras, Emerson Leão. A alegação deles é que o cenário nacional de treinadores é escasso demais para que ele se dê ao luxo de desprezá-lo.

A falta de vontade de Kia em trabalhar com o treinador do Palmeiras nasceu de dois convites recusados por Leão. Quando, no entender do iraniano, Márcio Bittencourt perdeu o controle dos jogadores corintianos perto do final do Campeonato Brasileiro, houve os convites a Leão.

"Estava trabalhando no Japão. Quem me ligou foi o próprio Kia. Agradeci a lembrança e disse que não poderia aceitar. Não foram grandes contatos, longe disso. Apenas falei que não poderia deixar o Vissel Kobe. E só", resumiu o técnico.

Os amigos de Kia não cansam de dizer que Leão é muito mais enérgico do que Lopes. E falam dos casos que se repetiram, como as dispensas seguidas de Tevez para viagens à Argentina ou a recusa de Rosinei em atuar como lateral-direito.

Há quem trabalhe contra Leão na própria MSI. Alegam que o currículo do treinador é pior do que o do ameaçado Antônio Lopes. O treinador do Palmeiras nunca venceu a Copa Libertadores, ao contrário do atual comandante do Corinthians.

O único empecilho para Leão poder trabalhar no Corinthians seria o fato de ter dito que não trabalharia com argentinos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;