Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lauro pede armas de fogo do Exército para a GCM


Redação

15/02/2019 | 07:00


O governo do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), pediu ao Exército a doação de armas de fogo em desuso pela corporação.

Ontem, o deputado estadual eleito e vice-prefeito da cidade, Márcio da Farmácia (Podemos), o secretário de Defesa Social, Paulo Alexandre Fagundes, e o comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), José Cícero de Sousa, se reuniram com o general de divisão Adalmir Manoel Domingos, comandante da Segunda Região Militar do Sudeste.

De acordo com a Prefeitura de Diadema, Domingos considerou o pleito plausível e, “assim que estiverem disponíveis armas em boas condições, decorrentes de campanhas de desarmamento ou equipamentos obsoletos, será possível fazer a doação ao município, uma vez que o Exército não tem armazenamento de armas”.

“Gostaríamos de estreitar a relação da Prefeitura com o Exército Brasileiro. Quero ressaltar a nossa admiração na disciplina, eficiência e seriedade dos serviços prestados ao País. Com base na legalidade, queremos solicitar a doação de armas de fogo para a GCM de Diadema”, declarou Fagundes.

A administração não revelou quanto gasta com compra de armamentos para a GCM.

TIRO DE GUERRA
Outro assunto tratado na conversa com o general foi a construção de um tiro de guerra na cidade – Domingos sugeriu a unidade. “Em Diadema, temos muitos jovens nesta faixa etária (entre 17 e 18 anos, quando há necessidade de alistamento). Vou levar a proposta para o governo avaliar. Os jovens que têm a oportunidade de receber este treinamento ganham um diferencial para toda a vida e a cidade ganha com ações de cidadania.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lauro pede armas de fogo do Exército para a GCM

Redação

15/02/2019 | 07:00


O governo do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), pediu ao Exército a doação de armas de fogo em desuso pela corporação.

Ontem, o deputado estadual eleito e vice-prefeito da cidade, Márcio da Farmácia (Podemos), o secretário de Defesa Social, Paulo Alexandre Fagundes, e o comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), José Cícero de Sousa, se reuniram com o general de divisão Adalmir Manoel Domingos, comandante da Segunda Região Militar do Sudeste.

De acordo com a Prefeitura de Diadema, Domingos considerou o pleito plausível e, “assim que estiverem disponíveis armas em boas condições, decorrentes de campanhas de desarmamento ou equipamentos obsoletos, será possível fazer a doação ao município, uma vez que o Exército não tem armazenamento de armas”.

“Gostaríamos de estreitar a relação da Prefeitura com o Exército Brasileiro. Quero ressaltar a nossa admiração na disciplina, eficiência e seriedade dos serviços prestados ao País. Com base na legalidade, queremos solicitar a doação de armas de fogo para a GCM de Diadema”, declarou Fagundes.

A administração não revelou quanto gasta com compra de armamentos para a GCM.

TIRO DE GUERRA
Outro assunto tratado na conversa com o general foi a construção de um tiro de guerra na cidade – Domingos sugeriu a unidade. “Em Diadema, temos muitos jovens nesta faixa etária (entre 17 e 18 anos, quando há necessidade de alistamento). Vou levar a proposta para o governo avaliar. Os jovens que têm a oportunidade de receber este treinamento ganham um diferencial para toda a vida e a cidade ganha com ações de cidadania.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;