Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André fica sem Pará e corre o risco de perder Jaílson


Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:05


O técnico Fahel Júnior arrumou dois problemas para escalar o líder Santo André contra o Oeste, na quarta-feira, em Itápolis, na seqüência da Série A-2 do Campeonato Paulista: o armador Pará e o ala-esquerdo Jaílson.

O primeiro saiu expulso contra o Bandeirante nos 3 a 0 de sábado, no Bruno Daniel, ao reclamar da arbitragem, que não marcou pênalti em cima dele. O juiz entendeu que o meia simulou a queda e preferiu apontar o cartão amarelo. “Só falei que ele (Renato Aparecido) não marcou porque não quis. Juro que não xinguei”, disse Pará.

Enquanto isso, Jaílson, que cedeu a vaga para Betão, sofreu uma forte pancada na coxa e agora fica na dependência de alguns exames detalhados. O médico Rui de Oliveira irá reavaliá-lo na reapresentação de hoje.

Se Pará está fora e Jaílson é dúvida, Fahel ainda não confirma o provável retorno de dois titulares: Jeferson (cumpriu suspensão automática) e Marcelinho Carioca (livrou-se de uma contratura muscular na coxa esquerda).

Ambos aguardam a definição do comandante.

 “Tenho mais dois dias para pensar e analisar tudo”, despista Fahel, que não gosta de antecipar a escalação do time.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André fica sem Pará e corre o risco de perder Jaílson

Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:05


O técnico Fahel Júnior arrumou dois problemas para escalar o líder Santo André contra o Oeste, na quarta-feira, em Itápolis, na seqüência da Série A-2 do Campeonato Paulista: o armador Pará e o ala-esquerdo Jaílson.

O primeiro saiu expulso contra o Bandeirante nos 3 a 0 de sábado, no Bruno Daniel, ao reclamar da arbitragem, que não marcou pênalti em cima dele. O juiz entendeu que o meia simulou a queda e preferiu apontar o cartão amarelo. “Só falei que ele (Renato Aparecido) não marcou porque não quis. Juro que não xinguei”, disse Pará.

Enquanto isso, Jaílson, que cedeu a vaga para Betão, sofreu uma forte pancada na coxa e agora fica na dependência de alguns exames detalhados. O médico Rui de Oliveira irá reavaliá-lo na reapresentação de hoje.

Se Pará está fora e Jaílson é dúvida, Fahel ainda não confirma o provável retorno de dois titulares: Jeferson (cumpriu suspensão automática) e Marcelinho Carioca (livrou-se de uma contratura muscular na coxa esquerda).

Ambos aguardam a definição do comandante.

 “Tenho mais dois dias para pensar e analisar tudo”, despista Fahel, que não gosta de antecipar a escalação do time.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;