Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Segurança é reforçada em Meca, na Arábia Saudita


Da AFP

10/11/2003 | 13:20


Pelo menos cinco mil soldados e policiais foram mobilizados na Meca, na Arábia Saudita, para garantir a segurança dos peregrinos, cujo número pode alcançar 2,5 milhões durante o mês de jejum do Ramadã, informou nesta segunda-feira um chefe saudita de segurança.

A medida, que abrange também Medina, segundo lugar sagrado do Islã situado mais ao norte, foi decidida após "o desmantelamento de uma célula terrorista que preparava um atentado na Meca", acrescentou o oficial, que pediu anonimato.

"O reino está preocupado com a segurança dos lugares santos e mobilizará todos os esforços possíveis para garantir a segurança desses lugares e a dos fiéis", afirmou o chefe.

Um grande número de muçulmanos visita Meca e Medina para a pequena peregrinação (Omra), particularmente nos últimos dez dias do Ramadã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Segurança é reforçada em Meca, na Arábia Saudita

Da AFP

10/11/2003 | 13:20


Pelo menos cinco mil soldados e policiais foram mobilizados na Meca, na Arábia Saudita, para garantir a segurança dos peregrinos, cujo número pode alcançar 2,5 milhões durante o mês de jejum do Ramadã, informou nesta segunda-feira um chefe saudita de segurança.

A medida, que abrange também Medina, segundo lugar sagrado do Islã situado mais ao norte, foi decidida após "o desmantelamento de uma célula terrorista que preparava um atentado na Meca", acrescentou o oficial, que pediu anonimato.

"O reino está preocupado com a segurança dos lugares santos e mobilizará todos os esforços possíveis para garantir a segurança desses lugares e a dos fiéis", afirmou o chefe.

Um grande número de muçulmanos visita Meca e Medina para a pequena peregrinação (Omra), particularmente nos últimos dez dias do Ramadã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;