Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Número de contratos de aluguel cresce 13% em São Paulo


Do Diário OnLine

09/08/2004 | 14:15


O número de novos contratos de locação residencial cresceu 13% na cidade de São Paulo no primeiro semestre deste ano, em relação a igual período de 2003, segundo levantamento da empresa Lello.

Apesar do aumento da procura e do aquecimento do mercado, o valor médio dos aluguéis novos cresceu 1% na comparação dos dois semestres. A inflação medida pelo IGP-M, índice que regula a maioria dos contratos de aluguel, foi de 9,61% nos últimos 12 meses encerrados em junho.

Os tipos de imóveis mais procurados foram casas de dois dormitórios, duas vagas de garagem e aluguel médio de R$ 700, além de apartamentos de dois dormitórios, com duas vagas em garagem e valor médio de aluguel em torno de R$ 500.

Segundo o levantamento da Lello, o seguro-fiança foi a modalidade de garantia que mais obteve crescimento nos seis primeiros meses deste ano, representando 12% dos novos contratos. Os fiadores, ainda a grande maioria, totalizam 70% e o depósito-caução, 13%. No primeiro semestre do ano passado os fiadores representavam 80% dos novos contratos de aluguel, o seguro-fiança 7% e a caução, 13%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Número de contratos de aluguel cresce 13% em São Paulo

Do Diário OnLine

09/08/2004 | 14:15


O número de novos contratos de locação residencial cresceu 13% na cidade de São Paulo no primeiro semestre deste ano, em relação a igual período de 2003, segundo levantamento da empresa Lello.

Apesar do aumento da procura e do aquecimento do mercado, o valor médio dos aluguéis novos cresceu 1% na comparação dos dois semestres. A inflação medida pelo IGP-M, índice que regula a maioria dos contratos de aluguel, foi de 9,61% nos últimos 12 meses encerrados em junho.

Os tipos de imóveis mais procurados foram casas de dois dormitórios, duas vagas de garagem e aluguel médio de R$ 700, além de apartamentos de dois dormitórios, com duas vagas em garagem e valor médio de aluguel em torno de R$ 500.

Segundo o levantamento da Lello, o seguro-fiança foi a modalidade de garantia que mais obteve crescimento nos seis primeiros meses deste ano, representando 12% dos novos contratos. Os fiadores, ainda a grande maioria, totalizam 70% e o depósito-caução, 13%. No primeiro semestre do ano passado os fiadores representavam 80% dos novos contratos de aluguel, o seguro-fiança 7% e a caução, 13%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;