Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Para Casa Branca, Rússia poderia atacar Ucrânia a qualquer momento

Carlos M. Vazquez II,fotos públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


18/01/2022 | 15:22


A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta terça-feira que a administração acredita que a Rússia está em um ponto no qual poderia atacar a Ucrânia a qualquer momento. Segundo a representante, a postura dos Estados Unidos é de mostrar a Moscou que "há dois caminhos", e que, caso os russos não sigam o diplomático, irão sofrer as consequências, inclusive econômicas. Em coletiva de imprensa diária, Psaki disse que impedir o gasoduto Nord Stream 2 é uma ferramenta possível, e que Washignton segue em contato com aliados sobre o tema, em especial a Alemanha.

Segundo ela, o momento atual é uma situação muito perigosa, e que foi criada pela movimentação de tropas por parte do presidente Vladimir Putin. Em um encontro marcado do secretário de Estado Anthony Blinken e o ministro das relações exterior da Rússia, Sergei Lavrov, em Genebra, o americano irá pedir ao homólogo uma desescalada de tensões, segundo Psaki, e "irá mostrar que há caminho diplomático para resolução". Blinken visitará ainda a Ucrânia nesta semana, e terá uma reunião com o presidente do país, Volodymyr Zelenskyy.

O coordenador de implementação de infraestrutura da administração, Mitch Landrieu, também participou da coletiva, e fez uma série de defesas dos projetos no âmbito Build Back Better.

O dirigente anunciou US$ 4,7 bilhões para limpeza na exploração hidrocarbonetos, no que atrapalha e polui as águas do país, indicou, e que tem em vista especialmente lidar com o gás metano. "Limpar comunidades, combater mudanças climáticas e criar empregos bem pagos", disse sobre o propósito dos investimentos. Landrieu defendeu os aspectos bipartidários dos projetos de infraestrutura, e disse que republicanos foram muito receptivos ao tema. "Coordenação com estados e líderes locais" é fundamental, afirmou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;