Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Putin diz ser o único verdadeiro democrata no mundo


Da AFP

04/06/2007 | 08:16


O presidente russo Vladimir Putin afirmou ser "o único verdadeiro democrata no mundo" e disse com ironia que "não tem mais com quem conversar desde a morte de Mahatma Gandhi".

"Sou um verdadeiro democrata? Certamente, sou um verdadeiro e absoluto democrata", declarou em uma entrevista publicada nesta segunda-feira em oito jornais de países do G8, incluindo o russo Kommersant, antes da reunião de cúpula deste grupo que acontecerá em Heiligendamm (Alemanha) de 6 a 8 de junho.

"A tragédia é que sou o único verdadeiro democrata do mundo. Vejam o que acontece na América do Norte. É horroroso: torturas, indigentes, Guantánamo, a detenção sem processo e sem investigação", comentou.

"Vejam o que acontece na Europa: violências contra os manifestantes, o uso de balas de borracha, gás lacrimogêneo em uma capital, a morte de um manifestante em outra", acrescentou, em referência às manifestações contrárias ao G8 na Alemanha e à morte de um russo em um protesto em Tallinn (Estônia) contra a transferência de um monumento soviético.

A Rússia é criticada pela violência policial durante as manifestações da oposição, as intimidações e o cerco aos militantes dos direitos humanos e opositores, assim como pela crescente concentração de poder do Kremlin.

O ex-chanceler alemão Gerhard Schroeder provocou polêmica ao qualificar Vladimir Putin, com quem mantinha relações amistosas, de democrata "de linhagem pura".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Putin diz ser o único verdadeiro democrata no mundo

Da AFP

04/06/2007 | 08:16


O presidente russo Vladimir Putin afirmou ser "o único verdadeiro democrata no mundo" e disse com ironia que "não tem mais com quem conversar desde a morte de Mahatma Gandhi".

"Sou um verdadeiro democrata? Certamente, sou um verdadeiro e absoluto democrata", declarou em uma entrevista publicada nesta segunda-feira em oito jornais de países do G8, incluindo o russo Kommersant, antes da reunião de cúpula deste grupo que acontecerá em Heiligendamm (Alemanha) de 6 a 8 de junho.

"A tragédia é que sou o único verdadeiro democrata do mundo. Vejam o que acontece na América do Norte. É horroroso: torturas, indigentes, Guantánamo, a detenção sem processo e sem investigação", comentou.

"Vejam o que acontece na Europa: violências contra os manifestantes, o uso de balas de borracha, gás lacrimogêneo em uma capital, a morte de um manifestante em outra", acrescentou, em referência às manifestações contrárias ao G8 na Alemanha e à morte de um russo em um protesto em Tallinn (Estônia) contra a transferência de um monumento soviético.

A Rússia é criticada pela violência policial durante as manifestações da oposição, as intimidações e o cerco aos militantes dos direitos humanos e opositores, assim como pela crescente concentração de poder do Kremlin.

O ex-chanceler alemão Gerhard Schroeder provocou polêmica ao qualificar Vladimir Putin, com quem mantinha relações amistosas, de democrata "de linhagem pura".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;