Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Dólar cai a R$ 5,25 com sinal de veto a "Fundão", mas exterior limita queda

Flickr Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/08/2021 | 09:59


O dólar reduz um pouco a queda com o fortalecimento do índice DXY do dólar ante seis moedas principais, após a divulgação de uma forte queda de 1,1% nas vendas no varejo nos EUA em julho ante junho, ante previsão de -0,3%. Nos primeiros negócios, investidores reduziram posições em meio a sinais de alívio aparente na crise institucional e fiscal.

O dólar testou mínima, a R$ 5,25, em meio à notícia dada pelo presidente Jair Bolsonaro, de que vai vetar o fundo eleitoral, o "Fundão", na íntegra caso seja impedido de cortar o que exceder a lei de 2017 de reajuste ao projeto. De acordo com o chefe do Executivo, a ordem dada por ele foi vetar tudo o que extrapolar aquilo previsto em 2017, uma vez que não quer gerar atritos com a Câmara dos Deputados ou o Senado. "Mas vamos supor que não seja possível porque está em um artigo só, então vete tudo", declarou à Rádio Capital Notícia - Cuiabá/MT, na manhã desta terça-feira (17).

Antes do dado americano, o DXY já subia, adicionando pressão de baixa às commodities, que sofrem também impacto de temores com o impacto da variante delta da covid-19 na retomada econômica mundial.

No mercado doméstico, é aguardada com grande expectativa a votação da proposta de mudança no Imposto de Renda, prevista para hoje, na Câmara. Também ficarão no radar, à tarde, declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, e do presidente do BC local, Roberto Campos Neto.

Às 9h45 desta terça-feira, o dólar à vista caía 0,30%, a R$ 5,2652, ante mínima a R$ 5,2552.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;