Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Comissão debaterá crack na Vila Guiomar

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura promete GCM 24 horas, mas apenas viaturas da PM foram vistas na tarde de ontem


Caio dos Reis
Especial para o Diário

13/02/2015 | 07:00


A Câmara de Santo André aprovou ontem a criação de Comissão de Assuntos Relevantes que visa combater o consumo de crack na Vila Guiomar. O grupo de parlamentares irá agir em conjunto com programa semelhante ao De Braços Abertos, da Capital, que deve ser lançado no município em 45 dias, segundo o secretário de Saúde Homero Nepomuceno Duarte.

Antes da formalização da comissão, integrantes do Legislativo e Executivo, incluindo coordenadores de programas de prevenção ao crack e os secretários de Inclusão Social, Fátima Grana, Segurança Pública, coronel José Luis Navarro, e Saúde, reuniram-se com grupo de moradores da região na semana passada com o objetivo de discutir os principais problemas, procurar soluções e antecipar ações. A primeira a ser colocada em prática, segundo os parlamentares, foi o compromisso da Prefeitura de manter a GCM (Guarda Civil Municipal) 24 horas no local. Ontem, por volta das 16h, porém, apenas viaturas da PM (Polícia Militar) foram vistas.

A reunião ocorreu após moradores protestarem contra a formação de ‘cracolândia’ e cobrarem ações efetivas do poder público.

A vereadora Bete Siraque (PT), que preside a comissão. disse que entre os objetivos das discussões estão desde melhorar as condições de iluminação do bairro até dar condição de vida para os usuários que deixarem o vício. “Infelizmente esse é um problema não só da nossa cidade, mas nacional. A criação da comissão é importante para iniciar processo de mudança do bairro.”

A vereadora comentou sobre a dificuldade de lidar com os usuários. “Quem está nessa situação perde todas as noções de convivência e de regras na sociedade, ou seja, as roupas estão sujas, a pessoa joga lixo na rua. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está colaborando com a limpeza do local”, afirmou Bete.

O vereador Ailton Lima (SD) afirmou que fez requerimento, em 2013, para que a Prefeitura instalasse uma base da GCM no local, porém, não obteve sucesso. “Na época o governo não reconhecia a área como uma espécie de ‘cracolândia’, falando que os usuários apenas passavam por lá. Agora a questão estourou e se perdeu o controle da situação.”

O problema não atinge apenas os usuários de crack, mas também os demais moradores da Vila Guiomar, que “reclamam da desvalorização das casas”, segundo Ailton.

O vereador não participa da comissão, já que outro parlamentar de sua legenda representa o partido nela. Após o Carnaval, está programada outra reunião entre Prefeitura e comissão para fazer balanço da ação policial no bairro nesses primeiros 15 dias de policiamento e buscar outras ações para tentar resolver o problema.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;