Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Juiz é morto ao reagir a assalto no Rio de Janeiro


Do Diário OnLine

04/10/2002 | 09:07


O juiz trabalhista Marco Aurélio Almarás, 38 anos, morreu nesta sexta-feira após ter sido baleado em um assalto em Copacabana, no Rio de Janeiro. O magistrado, que estava em um Vectra prata, teria reagido. Ele foi atingido por três tiros no peito.

Um dos suspeitos do assalto foi preso no Hospital Miguel Couto, no Leblon. Anderson de Abreu Vieira, 18 anos, havia sido baleado na mão e foi levado para a delegacia de Copacabana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Juiz é morto ao reagir a assalto no Rio de Janeiro

Do Diário OnLine

04/10/2002 | 09:07


O juiz trabalhista Marco Aurélio Almarás, 38 anos, morreu nesta sexta-feira após ter sido baleado em um assalto em Copacabana, no Rio de Janeiro. O magistrado, que estava em um Vectra prata, teria reagido. Ele foi atingido por três tiros no peito.

Um dos suspeitos do assalto foi preso no Hospital Miguel Couto, no Leblon. Anderson de Abreu Vieira, 18 anos, havia sido baleado na mão e foi levado para a delegacia de Copacabana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;