Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Políticos holandeses negociam uma coalizão de governo


Da AFP

23/11/2006 | 15:31


Políticos holandeses se reuniram nesta quinta-feira para negociar uma coalizão de governo, depois que as eleições resultaram num Parlamento dividido, sem maioria da esquerda ou da direita.

Os cristão-democratas, do primeiro-ministro, Jan Peter Balkenende, obtiveram 41 das 150 cadeiras do Parlamento. Seu principal rival, o Partido Trabalhista, abocanhou 32 cadeiras.

Mas o grande vencedor das eleições foi o Partido Socialista, do ex-operário Jan Marijnissen, que obteve 26 cadeiras do Parlamento.

Além do aumento dos socialistas, o antiislã e antiimigração Partido da Liberdade (Freedom Party) de Geert Wilders veio do nada para conseguir nove assentos. "Os resultados criaram uma situação política complicada", disse o socialista Jan Marijnissen nesta quinta-feira antes da reunião.

Embora tenha descartado qualquer cooperação com os cristãos-democratas antes da eleição, Marijnissen sente-se agora no dever de negociar uma coalizão com o partido de Balkenende e o Trabalhista.

Muitos observadores comentam ser praticamente impossível a implementação de uma coalizão, já que os cristão-democratas não parecem estar preparados para uma grande guinada para a esquerda.

Segundo eles, não é coincidência que os três partidos que fizeram campanha contra a constituição européia tenham obtido sucesso, já que os holandeses rejeitaram a Carta em referendo ocorrido em 2005.

"Os eleitores vêem a globalização, a imigração e a erosão da soberania holandesa como uma ameaça a sua segurança social, agora e no futuro", observou o jornal De Volkskrant.

Ainda nesta quinta-feira, a chefe de Estado holandesa, Rainha Beatriz, receberá seus conselheiros políticos - o vice-presidente do Conselho de Estado e porta-vozes do Parlamento e do Senado.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;