Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Justiça desbloqueia contas de Duda



07/10/2006 | 21:37


O desembargador José Di Lorenzo Serpa, do Tribunal de Justiça da Paraíba, suspendeu liminar do juiz da 5ª Vara da Comarca de Campina Grande, Valério Porto, que bloqueava bens e contas bancárias da empresa CEP-Comunicação e Estratégia Política, pertencente ao publicitário Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes.

A agência de Duda Mendonça trabalhou para a Prefeitura de Campina Grande, a segunda maior cidade da Paraíba, na gestão da ex-prefeita Cozete Barbosa, que assegura não ter praticado qualquer irregularidade no contrato com o publicitário.

Improbidade –Duda Mendonça e sua sócia continuam respondendo processo por improbidade administrativa na Paraíba.

O bloqueio de bens e de contas do publicitário ocorreu por conta da acusação de que teria havido transferência indevida de R$ 800 mil da Prefeitura de Campina Grande para a agência CEP-Comunicação e Estratégia Política, como pagamento de campanha de marketing na gestão da ex-prefeita.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Justiça desbloqueia contas de Duda


07/10/2006 | 21:37


O desembargador José Di Lorenzo Serpa, do Tribunal de Justiça da Paraíba, suspendeu liminar do juiz da 5ª Vara da Comarca de Campina Grande, Valério Porto, que bloqueava bens e contas bancárias da empresa CEP-Comunicação e Estratégia Política, pertencente ao publicitário Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes.

A agência de Duda Mendonça trabalhou para a Prefeitura de Campina Grande, a segunda maior cidade da Paraíba, na gestão da ex-prefeita Cozete Barbosa, que assegura não ter praticado qualquer irregularidade no contrato com o publicitário.

Improbidade –Duda Mendonça e sua sócia continuam respondendo processo por improbidade administrativa na Paraíba.

O bloqueio de bens e de contas do publicitário ocorreu por conta da acusação de que teria havido transferência indevida de R$ 800 mil da Prefeitura de Campina Grande para a agência CEP-Comunicação e Estratégia Política, como pagamento de campanha de marketing na gestão da ex-prefeita.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;