Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Floriculturas têm aumento de até 50% na venda de rosas


Do Diário do Grande ABC

13/06/2006 | 08:22


No Dia dos Namorados quem estava pulando de alegria eram os donos de floriculturas. Cheias durante todo o dia e com encomendas que não paravam de chegar até no final do expediente, o movimento chegou a ser 80% maior do que em dias comuns.

Segundo o proprietário da floricultura Sakura, Seung Jin Hong, de Santo André, não dava para reclamar do movimento em plena segunda-feira. “A procura foi grande durante todo o dia e as encomendas com hora marcada ficaram difíceis de atender”, conta. Para ele, a data foi melhor do que o Dia da Mães. “Acredito que vendemos 50% mais na comparação com as vendas para as mães e 80% mais do que em dias normais”, afirma.

Os homens são maioria nas compras de flores – 90%, segundo os comerciantes – e as escolhidas são as rosas vermelhas, principalmente as colombianas, que são maiores e mais perfumadas.

Mas o proprietário da Antuérpia Flores, Márcio Navas, de São Bernardo, conta que as mulheres também compraram para presentear na data. “Os homens estão ganhando cravos ou orquídeas, em cestas com vinho ou bombons”, diz.

Somente em rosas vermelhas, a loja vendeu 50% mais, muito acima da expectativa. “Não estávamos esperando porque o Dia das Mães foi fraco e hoje (ontem) é segunda-feira, véspera da estréia do Brasil na Copa”, diz.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Floriculturas têm aumento de até 50% na venda de rosas

Do Diário do Grande ABC

13/06/2006 | 08:22


No Dia dos Namorados quem estava pulando de alegria eram os donos de floriculturas. Cheias durante todo o dia e com encomendas que não paravam de chegar até no final do expediente, o movimento chegou a ser 80% maior do que em dias comuns.

Segundo o proprietário da floricultura Sakura, Seung Jin Hong, de Santo André, não dava para reclamar do movimento em plena segunda-feira. “A procura foi grande durante todo o dia e as encomendas com hora marcada ficaram difíceis de atender”, conta. Para ele, a data foi melhor do que o Dia da Mães. “Acredito que vendemos 50% mais na comparação com as vendas para as mães e 80% mais do que em dias normais”, afirma.

Os homens são maioria nas compras de flores – 90%, segundo os comerciantes – e as escolhidas são as rosas vermelhas, principalmente as colombianas, que são maiores e mais perfumadas.

Mas o proprietário da Antuérpia Flores, Márcio Navas, de São Bernardo, conta que as mulheres também compraram para presentear na data. “Os homens estão ganhando cravos ou orquídeas, em cestas com vinho ou bombons”, diz.

Somente em rosas vermelhas, a loja vendeu 50% mais, muito acima da expectativa. “Não estávamos esperando porque o Dia das Mães foi fraco e hoje (ontem) é segunda-feira, véspera da estréia do Brasil na Copa”, diz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;