Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula: 'Silvinho é livre para dizer o que pensa'



08/05/2006 | 07:43


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou na manhã deste domingo o isolamento, num sítio no vilarejo de Santo Antônio do Leite, a 90 quilômetros de Belo Horizonte, para demonstrar tranqüilidade em relação à entrevista de Sílvio Pereira, ex-secretário-geral do PT. Depois de dois dias de descanso, Lula foi até o portão da propriedade cumprimentar moradores e conversar rapidamente com os jornalistas sobre o suposto esquema do partido, contado por Silvinho, de arrecadar R$ 1 bilhão. "A mim não preocupa", disse o presidente. "Ele (Sílvio) é livre para falar o que bem entender."

Acompanhado do ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, dono do sítio, e da primeira-dama Marisa Letícia, o presidente ressaltou que não leu jornais nem assistiu televisão no final de semana. Mas foi avisado do conteúdo da entrevista pelo seu chefe de gabinete, Gilberto Carvalho. ''Vou me inteirar das coisas na segunda-feira, quando volto a trabalhar'', afirmou Lula. ''Estou bem, estou descansando'', disse ao responder a pergunta se a estadia em Minas Gerais estava sendo agradável. Ao deixar a propriedade, Lula e Marisa foram de charrete até o ponto onde estava o helicóptero, que os levou até a Base Aérea de Belo Horizonte. De lá, tomaram o avião presidencial para Brasília.

Ao chegar em São Paulo para votar nas prévias do PT que escolhe o candidato à disputa do governo do Estado, o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, classificou o ex-secretário-geral, Silvio Pereira, de traidor e mentiroso. ''É uma pessoa que traiu o partido e mentiu para a CPI'', afirmou, desqualificando as declarações dadas por Pereira em entrevista ao jornal "O Globo", que afirmou que o empresário Marcos Valério queria arrecadar R$ 1 bilhão e que o PT era comandado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador Aloizio Mercadante, o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, e por José Genoino. Dizendo-se surpreso com as declarações, Berzoini afirmou que "o senhor Silvio", como se referiu ao ex-secretário, deveria ter feito as declarações à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), ao Ministério Público e à Polícia Federal. Como presidente do partido disse não ver necessidade de ouvi-lo agora. Pereira reclamou porque teria tentado falar com Berzoini por diversas vezes para contar detalhes do esquema de corrupção dentro do partido e não teria conseguido. "Essa é mais uma mentira do senhor Silvio. Ele falou comigo uma única vez no ano passado, quando o aconselhei a se acalmar e a cuidar de sua vida profissional."Berzoini afastou mais uma vez a possibilidade de pedido de impeachment do presidente Lula. "Não há qualquer elemento crível que relacione o presidente a esses fatos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula: 'Silvinho é livre para dizer o que pensa'


08/05/2006 | 07:43


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou na manhã deste domingo o isolamento, num sítio no vilarejo de Santo Antônio do Leite, a 90 quilômetros de Belo Horizonte, para demonstrar tranqüilidade em relação à entrevista de Sílvio Pereira, ex-secretário-geral do PT. Depois de dois dias de descanso, Lula foi até o portão da propriedade cumprimentar moradores e conversar rapidamente com os jornalistas sobre o suposto esquema do partido, contado por Silvinho, de arrecadar R$ 1 bilhão. "A mim não preocupa", disse o presidente. "Ele (Sílvio) é livre para falar o que bem entender."

Acompanhado do ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, dono do sítio, e da primeira-dama Marisa Letícia, o presidente ressaltou que não leu jornais nem assistiu televisão no final de semana. Mas foi avisado do conteúdo da entrevista pelo seu chefe de gabinete, Gilberto Carvalho. ''Vou me inteirar das coisas na segunda-feira, quando volto a trabalhar'', afirmou Lula. ''Estou bem, estou descansando'', disse ao responder a pergunta se a estadia em Minas Gerais estava sendo agradável. Ao deixar a propriedade, Lula e Marisa foram de charrete até o ponto onde estava o helicóptero, que os levou até a Base Aérea de Belo Horizonte. De lá, tomaram o avião presidencial para Brasília.

Ao chegar em São Paulo para votar nas prévias do PT que escolhe o candidato à disputa do governo do Estado, o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, classificou o ex-secretário-geral, Silvio Pereira, de traidor e mentiroso. ''É uma pessoa que traiu o partido e mentiu para a CPI'', afirmou, desqualificando as declarações dadas por Pereira em entrevista ao jornal "O Globo", que afirmou que o empresário Marcos Valério queria arrecadar R$ 1 bilhão e que o PT era comandado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador Aloizio Mercadante, o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, e por José Genoino. Dizendo-se surpreso com as declarações, Berzoini afirmou que "o senhor Silvio", como se referiu ao ex-secretário, deveria ter feito as declarações à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), ao Ministério Público e à Polícia Federal. Como presidente do partido disse não ver necessidade de ouvi-lo agora. Pereira reclamou porque teria tentado falar com Berzoini por diversas vezes para contar detalhes do esquema de corrupção dentro do partido e não teria conseguido. "Essa é mais uma mentira do senhor Silvio. Ele falou comigo uma única vez no ano passado, quando o aconselhei a se acalmar e a cuidar de sua vida profissional."Berzoini afastou mais uma vez a possibilidade de pedido de impeachment do presidente Lula. "Não há qualquer elemento crível que relacione o presidente a esses fatos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;