Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prefeituras têm até dia 25 para regularizar Bolsa-Escola


Márcia Pinna Raspanti
Do Diário do Grande ABC

14/07/2002 | 18:23


Os municípios que participam do programa federal Bolsa-Escola devem entregar até o próximo dia 25 o relatório de atividades dos meses de abril, maio e junho. Na região, todas as prefeituras participam do programa.

O Bolsa-Escola – implementado em 2001 – é destinado a famílias que tenham renda per capta inferior a meio salário mínimo (R$ 100) e crianças de 6 a 15 anos matriculadas no ensino fundamental. A família tem direito a receber R$ 15 por mês para cada estudante nesta situação – o limite é de três crianças por família.

Pela primeira vez, o governo fará uma análise da freqüência escolar dos alunos que recebem o benefício – a criança precisa ter, pelo menos, 85% de presença para participar do programa – e de como cada prefeitura ou instituição está administrando a verba. Os formulários foram enviados pelo MEC (Ministério da Educação) aos municípios no início do mês.

Formulários – As prefeituras devem encaminhar os formulários preenchidos à Secretaria do Programa Nacional do Bolsa-Escola por meio do Sibes (Sistema Bolsa-Escola) ou por disquete em um aplicativo off-line. As informações sobre os estudantes poderão ser mandadas em vários lotes, de acordo com o número de escolas do município.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeituras têm até dia 25 para regularizar Bolsa-Escola

Márcia Pinna Raspanti
Do Diário do Grande ABC

14/07/2002 | 18:23


Os municípios que participam do programa federal Bolsa-Escola devem entregar até o próximo dia 25 o relatório de atividades dos meses de abril, maio e junho. Na região, todas as prefeituras participam do programa.

O Bolsa-Escola – implementado em 2001 – é destinado a famílias que tenham renda per capta inferior a meio salário mínimo (R$ 100) e crianças de 6 a 15 anos matriculadas no ensino fundamental. A família tem direito a receber R$ 15 por mês para cada estudante nesta situação – o limite é de três crianças por família.

Pela primeira vez, o governo fará uma análise da freqüência escolar dos alunos que recebem o benefício – a criança precisa ter, pelo menos, 85% de presença para participar do programa – e de como cada prefeitura ou instituição está administrando a verba. Os formulários foram enviados pelo MEC (Ministério da Educação) aos municípios no início do mês.

Formulários – As prefeituras devem encaminhar os formulários preenchidos à Secretaria do Programa Nacional do Bolsa-Escola por meio do Sibes (Sistema Bolsa-Escola) ou por disquete em um aplicativo off-line. As informações sobre os estudantes poderão ser mandadas em vários lotes, de acordo com o número de escolas do município.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;