Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Peixe muda e aposta na marcação contra o Galo



28/04/2010 | 07:00


Considerado o melhor time do País, virtual campeão paulista e com a média de cinco gols por jogo na Copa do Brasil, o Santos enfrenta hoje o Atlético-MG, às 21h50, no Mineirão, sem grandes ambições. Com a ausência da maior estrela, Neymar, e Léo, que sentiu lesão muscular, Dorival Júnior considera que até derrota simples, desde que o seu time faça gol, será bom resultado.

Pela primeira vez desde que iniciou a montagem da nova edição dos Meninos da Vila, há pouco mais de três meses, o treinador sinaliza que vai orientar a equipe para jogar de acordo com o regulamento da competição - o gol fora tem peso dobrado -, apostando na classificação às semifinais naquarta-feira, na Vila Belmiro.

"Acredito que teremos grande jogo porque o Atlético também luta pelo título em Minas e está em fase de ascensão. As nossas dificuldades serão iguais às das três últimas partidas", disse Dorival Júnior.

À exceção das laterais, o técnico vai repetir a formação que iniciou o segundo tempo e que levou o Santos à vitória por 3 a 2 contra o Santo André, domingo, no Pacaembu. Com a ausência de Léo, George Lucas entra na direita e Pará vai à esquerda. Desta vez, o time das goleadas priorizará a marcação no meio e tentará a vitória em contra-ataques.

Dorival tratou com naturalidade a ausência de Neymar, o que seria grande perda para qualquer outro treinador. Para ele, o garoto e Robinho têm características semelhantes e tanto um como outro se completa com André.

"Sentiríamos mais a falta de André porque não temos nenhum outro jogador que saiba jogar como ele, de costas para a defesa do adversário, fazendo a parede, além de ser uma referência na área e finalizar bem", minimizou.

O jogo contra o Galo, do estrategista Vanderlei Luxemburgo, com a torcida adversária lotando o Mineirão, é o começo da verdadeira Copa do Brasil para o Santos. Até agora, o time pegou adversários fracos demais (Naviraiense-MS, Remo-PA e Guarani). Se eliminar o Atlético-MG, o Santos enfrenta o vencedor de Fluminense e Grêmio.

Neymar avisa: ‘volto para ser campeão'

Neymar está recuperado do trauma com sangramento no olho direito, e tem presença assegurada na finalíssima do Campeonato Paulista contra o Santo André, domingo, no Pacaembu. Hoje cedo, o garoto voltará ao Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para ser reavaliado pelo médico Cláudio Luiz Lottemberg. Ele deve ser liberado para participar do treino de amanhã à tarde.

Há a possibilidade de, por orientação médica, o atacante ter de usar óculos semelhantes aos de alguns jogadores de basquete para treinar e também no jogo de domingo para proteger a vista no caso de choque com adversário.

"Volto domingo para ser campeão". Essa foi a única frase dita por Neymar depois de ter saído do hospital no fim da tarde de segunda-feira. Durante entrevista do seu pai à Rádio Cacique, de Santos, ele mandou a mensagem à torcida santista, embora estivesse proibido até de falar com jornalistas.

Neymar atingiu o olho com um dedo da mão esquerda ao cair após dividir a bola com um zagueiro do Santo André, no jogo de domingo. Após a partida, ele foi levado ao Hospital Albert Einstein, onde passou por exames, foi medicado e repousou de domingo para segunda-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peixe muda e aposta na marcação contra o Galo


28/04/2010 | 07:00


Considerado o melhor time do País, virtual campeão paulista e com a média de cinco gols por jogo na Copa do Brasil, o Santos enfrenta hoje o Atlético-MG, às 21h50, no Mineirão, sem grandes ambições. Com a ausência da maior estrela, Neymar, e Léo, que sentiu lesão muscular, Dorival Júnior considera que até derrota simples, desde que o seu time faça gol, será bom resultado.

Pela primeira vez desde que iniciou a montagem da nova edição dos Meninos da Vila, há pouco mais de três meses, o treinador sinaliza que vai orientar a equipe para jogar de acordo com o regulamento da competição - o gol fora tem peso dobrado -, apostando na classificação às semifinais naquarta-feira, na Vila Belmiro.

"Acredito que teremos grande jogo porque o Atlético também luta pelo título em Minas e está em fase de ascensão. As nossas dificuldades serão iguais às das três últimas partidas", disse Dorival Júnior.

À exceção das laterais, o técnico vai repetir a formação que iniciou o segundo tempo e que levou o Santos à vitória por 3 a 2 contra o Santo André, domingo, no Pacaembu. Com a ausência de Léo, George Lucas entra na direita e Pará vai à esquerda. Desta vez, o time das goleadas priorizará a marcação no meio e tentará a vitória em contra-ataques.

Dorival tratou com naturalidade a ausência de Neymar, o que seria grande perda para qualquer outro treinador. Para ele, o garoto e Robinho têm características semelhantes e tanto um como outro se completa com André.

"Sentiríamos mais a falta de André porque não temos nenhum outro jogador que saiba jogar como ele, de costas para a defesa do adversário, fazendo a parede, além de ser uma referência na área e finalizar bem", minimizou.

O jogo contra o Galo, do estrategista Vanderlei Luxemburgo, com a torcida adversária lotando o Mineirão, é o começo da verdadeira Copa do Brasil para o Santos. Até agora, o time pegou adversários fracos demais (Naviraiense-MS, Remo-PA e Guarani). Se eliminar o Atlético-MG, o Santos enfrenta o vencedor de Fluminense e Grêmio.

Neymar avisa: ‘volto para ser campeão'

Neymar está recuperado do trauma com sangramento no olho direito, e tem presença assegurada na finalíssima do Campeonato Paulista contra o Santo André, domingo, no Pacaembu. Hoje cedo, o garoto voltará ao Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para ser reavaliado pelo médico Cláudio Luiz Lottemberg. Ele deve ser liberado para participar do treino de amanhã à tarde.

Há a possibilidade de, por orientação médica, o atacante ter de usar óculos semelhantes aos de alguns jogadores de basquete para treinar e também no jogo de domingo para proteger a vista no caso de choque com adversário.

"Volto domingo para ser campeão". Essa foi a única frase dita por Neymar depois de ter saído do hospital no fim da tarde de segunda-feira. Durante entrevista do seu pai à Rádio Cacique, de Santos, ele mandou a mensagem à torcida santista, embora estivesse proibido até de falar com jornalistas.

Neymar atingiu o olho com um dedo da mão esquerda ao cair após dividir a bola com um zagueiro do Santo André, no jogo de domingo. Após a partida, ele foi levado ao Hospital Albert Einstein, onde passou por exames, foi medicado e repousou de domingo para segunda-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;