Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vôlei: Grande ABC é campeão após 16 anos


Ana Paula Gois
Do Diário do Grande ABC

14/11/2004 | 14:25


Antes tarde do que nunca, diz o dito popular. Após 16 anos esperando por um caneco, o Grande ABC sentiu no sábado o gosto doce da vitória. O segundo round do confronto entre Banespa/Mastercard e Wizard/Suzano pela final do Paulista Masculino de Vôlei, Divisão Especial, foi eletrizante. No ginásio Poliesportivo de São Bernardo, os donos da casa garantiram o título da temporada e a sexta conquista estadual, despachando os adversários por 3 sets a 0 com parciais de 25/21, 25/10 e 26/24.

A última vez que a região festejou o título paulista foi em 1988, quando a Pirelli deu ao Grande ABC a alegria de ser campeão. Além da grande conquista, o Banespa quebrou o tabu de nunca ter vencido o rival em uma final de estadual. O Wizard levou a melhor nas três vezes em que decidiu o torneio contra o Banespa (1995, 1998 e 1999).

O atual campeão chegou à final com um excelente retrospecto no ano e embalado pela boa vitória na abertura da série, por 3 a 1, em Suzano. O time do Grande ABC venceu todos os confrontos contra o Wizard na competição deste ano, duas delas na primeira fase. Com o resultado de sábado, são 15 vitórias e apenas uma derrota no Paulista de 2004, sem dúvida uma campanha impressionante da equipe dirigida por Mauro Grasso. Além disso, o time tem em seu grupo Nalbert, capitão da Seleção Brasileira e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas. Para fechar o ano com chave de ouro, Nalbert despachou seus companheiros olímpicos André Nascimento e Rodrigão, ambos no Suzano.

O treinador do Banespa contou o segredo do sucesso da equipe. “Nosso time tem excelentes jogadores, mas o fundamental é o conjunto. Fizemos isso valer durante toda partida. Agora, só queremos comemorar o resultado de muito trabalho”, declarou Grasso.

O jogo – Uma noite inesquecível para o Grande ABC. A partida começou com as duas equipes bastante equilibradas. O Banespa, no entanto, manteve a liderança do placar durante todo o primeiro set, marcando 25 a 21. E o show continuou para o time de São Bernardo, que massacrou o adversário no segundo set, fechando tranqüilamente o placar em 25 a 10. Mas foi no terceiro tempo que a briga ficou mais emocionante. Os times suaram, gritaram, bloquearam e sacaram. E que saque! O campeão olímpico Nalbert decidiu o duelo com seu saque, que chegou ao outro lado da rede com força e vontade de vencer, fechando o Paulista em 26 a 24.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vôlei: Grande ABC é campeão após 16 anos

Ana Paula Gois
Do Diário do Grande ABC

14/11/2004 | 14:25


Antes tarde do que nunca, diz o dito popular. Após 16 anos esperando por um caneco, o Grande ABC sentiu no sábado o gosto doce da vitória. O segundo round do confronto entre Banespa/Mastercard e Wizard/Suzano pela final do Paulista Masculino de Vôlei, Divisão Especial, foi eletrizante. No ginásio Poliesportivo de São Bernardo, os donos da casa garantiram o título da temporada e a sexta conquista estadual, despachando os adversários por 3 sets a 0 com parciais de 25/21, 25/10 e 26/24.

A última vez que a região festejou o título paulista foi em 1988, quando a Pirelli deu ao Grande ABC a alegria de ser campeão. Além da grande conquista, o Banespa quebrou o tabu de nunca ter vencido o rival em uma final de estadual. O Wizard levou a melhor nas três vezes em que decidiu o torneio contra o Banespa (1995, 1998 e 1999).

O atual campeão chegou à final com um excelente retrospecto no ano e embalado pela boa vitória na abertura da série, por 3 a 1, em Suzano. O time do Grande ABC venceu todos os confrontos contra o Wizard na competição deste ano, duas delas na primeira fase. Com o resultado de sábado, são 15 vitórias e apenas uma derrota no Paulista de 2004, sem dúvida uma campanha impressionante da equipe dirigida por Mauro Grasso. Além disso, o time tem em seu grupo Nalbert, capitão da Seleção Brasileira e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas. Para fechar o ano com chave de ouro, Nalbert despachou seus companheiros olímpicos André Nascimento e Rodrigão, ambos no Suzano.

O treinador do Banespa contou o segredo do sucesso da equipe. “Nosso time tem excelentes jogadores, mas o fundamental é o conjunto. Fizemos isso valer durante toda partida. Agora, só queremos comemorar o resultado de muito trabalho”, declarou Grasso.

O jogo – Uma noite inesquecível para o Grande ABC. A partida começou com as duas equipes bastante equilibradas. O Banespa, no entanto, manteve a liderança do placar durante todo o primeiro set, marcando 25 a 21. E o show continuou para o time de São Bernardo, que massacrou o adversário no segundo set, fechando tranqüilamente o placar em 25 a 10. Mas foi no terceiro tempo que a briga ficou mais emocionante. Os times suaram, gritaram, bloquearam e sacaram. E que saque! O campeão olímpico Nalbert decidiu o duelo com seu saque, que chegou ao outro lado da rede com força e vontade de vencer, fechando o Paulista em 26 a 24.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;