Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Aborígenes foram usadas como escravas sexuais na Austrália


Das Agências

15/08/2001 | 11:40


Um líder da Comissão Aborígene australiana afirmou, nesta quarta-feira, que mulheres aborígenes foram usadas no passado como escravas sexuais por fazendeiros e soldados. Brian Butler afirmou: "Minha avó, como tantas outras, foi obrigada a servir de escrava para os fazendeiros e para as tropas, assim como para os mineiros e outras pessoas que invadiram a vida do nosso povo".

A declaração foi dada durante uma conferência que discute o pagamento de indenizações para aborígenes que tiveram seus direitos desrespeitados pela colonização inglesa ocorrida na Austrália.

Butler afirmou ainda que as mulheres eram obrigadas a matar seus filhos que nasciam das relações com os brancos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aborígenes foram usadas como escravas sexuais na Austrália

Das Agências

15/08/2001 | 11:40


Um líder da Comissão Aborígene australiana afirmou, nesta quarta-feira, que mulheres aborígenes foram usadas no passado como escravas sexuais por fazendeiros e soldados. Brian Butler afirmou: "Minha avó, como tantas outras, foi obrigada a servir de escrava para os fazendeiros e para as tropas, assim como para os mineiros e outras pessoas que invadiram a vida do nosso povo".

A declaração foi dada durante uma conferência que discute o pagamento de indenizações para aborígenes que tiveram seus direitos desrespeitados pela colonização inglesa ocorrida na Austrália.

Butler afirmou ainda que as mulheres eram obrigadas a matar seus filhos que nasciam das relações com os brancos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;