Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vasco arranca empate nos acréscimos com o Cuiabá na Copa do Brasil



14/05/2015 | 00:19


O Vasco passou sufoco na Arena Pantanal e por pouco não perdeu do Cuiabá nesta quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil. Quando o resultado estava encaminhado para a vitória dos donos da casa por 1 a 0, o zagueiro Rodrigo empatou em cobrança de falta, nos acréscimos. A vaga vai ser decidida na próxima quarta-feira, no Estádio de São Januário.

Os donos da casa surpreenderam o time carioca e dominaram o primeiro tempo, inclusive, criando a melhor chance de gol, aos 13, em bom chute de Raphael Luz. Os jogadores de Cuiabá demonstraram bom condicionamento físico, tendo disputado a final do Campeonato Mato-grossense dois dias antes, quando conquistaram o título.

O Vasco foi para o jogo com quase todos os seus titulares, mas parecia perdido e tinha muita dificuldade para sair jogando. O meia Marcinho, que entrou no lugar do poupado Dagoberto, não rendeu o esperado e criou muito pouco, deixando Gilberto isolado na frente. As poucas jogadas de ataque foram originadas em bolas paradas, mas sem levar muito perigo.

Após receber as orientações do técnico Doriva, a equipe vascaína voltou melhor do intervalo e, logo aos 2 minutos, teve ótima chance de abrir o placar com Rafael Silva. O Cuiabá, por sua vez, não conseguiu manter o fôlego da primeira etapa, e passou a se aplicar na defesa, saindo no contra-ataque com velocidade quando podia.

Aos 34, em uma jogada pouco promissora, Maninho cruzou na área de mau jeito, a bola encobriu o goleiro Martín Silva, bateu na trave e entrou lentamente no gol, para a euforia dos torcedores. Atrás no placar, o Vasco passou a pressionar e nos últimos instantes, em cobrança de falta, o zagueiro Rodrigo empatou com uma bomba que não deu chances ao goleiro André Luis, livrando o Vasco da derrota certa.

FICHA TÉCNICA:

CUIABÁ 1 x 1 VASCO

CUIABÁ - André Luis; Gean, Ricardo Braz, Egon e Maninho; Bogé, Felipe Blau (Cleidson), Raphael Luz (Geovane) e Gilsinho; Kaique (Assis) e Nino Guerreiro. Técnico: Fernando Marchiori.

VASCO - Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Guiñazú; Christianno, Julio dos Santos (Bernardo), Serginho e Gilberto; Marcinho (Jhon Cley) e Rafael Silva (Yago). Técnico: Doriva.

GOLS - Maninho, aos 34, e Rodrigo, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Assis (Cuiabá); ]Serginho, Rafael Silva, Marcinho (Vasco).

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Araujo (SP).

RENDA - R$ 389.015,00.

PÚBLICO - 7.611 pagantes.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vasco arranca empate nos acréscimos com o Cuiabá na Copa do Brasil


14/05/2015 | 00:19


O Vasco passou sufoco na Arena Pantanal e por pouco não perdeu do Cuiabá nesta quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil. Quando o resultado estava encaminhado para a vitória dos donos da casa por 1 a 0, o zagueiro Rodrigo empatou em cobrança de falta, nos acréscimos. A vaga vai ser decidida na próxima quarta-feira, no Estádio de São Januário.

Os donos da casa surpreenderam o time carioca e dominaram o primeiro tempo, inclusive, criando a melhor chance de gol, aos 13, em bom chute de Raphael Luz. Os jogadores de Cuiabá demonstraram bom condicionamento físico, tendo disputado a final do Campeonato Mato-grossense dois dias antes, quando conquistaram o título.

O Vasco foi para o jogo com quase todos os seus titulares, mas parecia perdido e tinha muita dificuldade para sair jogando. O meia Marcinho, que entrou no lugar do poupado Dagoberto, não rendeu o esperado e criou muito pouco, deixando Gilberto isolado na frente. As poucas jogadas de ataque foram originadas em bolas paradas, mas sem levar muito perigo.

Após receber as orientações do técnico Doriva, a equipe vascaína voltou melhor do intervalo e, logo aos 2 minutos, teve ótima chance de abrir o placar com Rafael Silva. O Cuiabá, por sua vez, não conseguiu manter o fôlego da primeira etapa, e passou a se aplicar na defesa, saindo no contra-ataque com velocidade quando podia.

Aos 34, em uma jogada pouco promissora, Maninho cruzou na área de mau jeito, a bola encobriu o goleiro Martín Silva, bateu na trave e entrou lentamente no gol, para a euforia dos torcedores. Atrás no placar, o Vasco passou a pressionar e nos últimos instantes, em cobrança de falta, o zagueiro Rodrigo empatou com uma bomba que não deu chances ao goleiro André Luis, livrando o Vasco da derrota certa.

FICHA TÉCNICA:

CUIABÁ 1 x 1 VASCO

CUIABÁ - André Luis; Gean, Ricardo Braz, Egon e Maninho; Bogé, Felipe Blau (Cleidson), Raphael Luz (Geovane) e Gilsinho; Kaique (Assis) e Nino Guerreiro. Técnico: Fernando Marchiori.

VASCO - Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Guiñazú; Christianno, Julio dos Santos (Bernardo), Serginho e Gilberto; Marcinho (Jhon Cley) e Rafael Silva (Yago). Técnico: Doriva.

GOLS - Maninho, aos 34, e Rodrigo, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Assis (Cuiabá); ]Serginho, Rafael Silva, Marcinho (Vasco).

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Araujo (SP).

RENDA - R$ 389.015,00.

PÚBLICO - 7.611 pagantes.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;