Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bilhetes dão força à equipe médica em hospital de Ribeirão

Mensagens motivacionais são escritas diariamente por grupo de apoio aos profissionais que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

17/04/2021 | 07:00


Os profissionais da linha de frente que atuam no Hospital Ribeirão Pires, equipamento da Rede D’Or São Luiz, têm ganhado incentivo para não esmorecer mesmo em momento crítico da pandemia. Funcionários da equipe de apoio resolveram escrever bilhetes e colocar na roupa que a equipe médica utiliza no trabalho e o efeito tem sido melhor do que o esperado.

A ação, que acontece desde março, envolve todos os setores de apoio, ou seja, equipes que não estão diretamente na linha de frente, como hotelaria, recepção, almoxarifado e manutenção. Os trabalhadores escrevem mensagens de agradecimento como forma de homenagem aos colegas e os bilhetes são colocados diariamente nas roupas privativas da equipe, que eles buscam antes do início dos turnos.

De acordo com a gerente de enfermagem da unidade, Daniele Amorim, a mensagem é escrita em um papel com imagem de super-herói, que remete o trabalho dos profissionais da linha de frente ao de salvar vidas. “O profissional retira a roupa privativa já com o bilhete e, antes de ir embora, descarta ainda dentro do hospital. No bilhete que está na roupa, os profissionais das áreas de apoio escrevem frases motivacionais. É uma ação especial que trouxe humanização em dias em que os colaboradores estão mais cansados”, comenta Daniele.

A ideia das mensagens surgiu por meio de grupo de WhatsApp, que contém um representante de cada setor do hospital. Na reunião virtual, surgiram diversas ideias que possam motivar os profissionais de saúde, principalmente nos dias mais difíceis. Ainda de acordo com Daniele, entre enfermeiros, médicos e fisioterapeutas são aproximadamente 200 colaboradores na ala da Covid na unidade.

A diretora do hospital, Luciana Solera, observa que a ação humanizada também afeta, indiretamente, os pacientes. “A intenção é trazer calor tanto para o paciente, que é nossa prioridade, como para nossa equipe. É uma força de trabalho. Pensamos que os profissionais já estão sobrecarregados, com grau de insegurança (por conta do vírus), pois nossa geração nunca passou por isso. É como se fosse um acolhimento familiar”, comenta Luciana.

PLANEJAMENTO

Em paralelo à ação dos bilhetes diários, a unidade de Ribeirão Pires também implantou outras atividades que motivam os profissionais da saúde. Uma delas é o programa Sextou, que oferece cupcakes (bolos) aos profissionais às sextas-feiras e a aplicação de frases motivacionais em áreas de descanso, como a copa e os vestiários. “O clima fica diferente, o trabalho em equipe fica fortalecido e, assim, oferecemos um reconhecimento aos profissionais”, detalha Daniele.

Outra ação importante que também já saiu do papel na unidade é a do prontuário afetivo. De acordo com Daniele, além do prontuário diário do paciente que o profissional encaminha aos familiares, com resultados de exames e situação clínica, o trabalhador pergunta à família o que aquele paciente gosta, como uma música especial. “Eles também perguntam se a família não quer trazer uma foto para deixar ao lado do paciente e, assim, o profissional conhece quem ele de fato está atendendo”, finaliza Daniele.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;