Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Federação dos servidores move recurso contra o INSS

Paralisação entra no 40º dia corrido; amanhã haverá ato na Câmara de São Bernardo


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

18/08/2015 | 07:00


A Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) entrou com recurso contra a ação do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que determina que ao menos 60% dos servidores estejam atendendo nas agências durante a paralisação. Ontem, a greve entrou no 40º dia corrido.

Segundo Thiago Alves, diretor do Sinsprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo), a determinação tem sido cumprida. Na região, apenas a unidade de Diadema ficou fechada ontem. “Aguardamos sinalização do Ministério do Planejamento para uma nova reunião até quarta (amanhã)”, conta Alves. “Também quarta (amanhã), às 8h, vamos à Câmara dos Vereadores de São Bernardo para explicar os motivos da greve e protocolar moção de apoio aos servidores.”  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Federação dos servidores move recurso contra o INSS

Paralisação entra no 40º dia corrido; amanhã haverá ato na Câmara de São Bernardo

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

18/08/2015 | 07:00


A Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) entrou com recurso contra a ação do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que determina que ao menos 60% dos servidores estejam atendendo nas agências durante a paralisação. Ontem, a greve entrou no 40º dia corrido.

Segundo Thiago Alves, diretor do Sinsprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo), a determinação tem sido cumprida. Na região, apenas a unidade de Diadema ficou fechada ontem. “Aguardamos sinalização do Ministério do Planejamento para uma nova reunião até quarta (amanhã)”, conta Alves. “Também quarta (amanhã), às 8h, vamos à Câmara dos Vereadores de São Bernardo para explicar os motivos da greve e protocolar moção de apoio aos servidores.”  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;