Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vídeo mostra padre mantendo relações sexuais com uma secretária


Da AFP

04/01/2003 | 15:09


Um escândalo teve origem ontem no estado mexicano de Chihuahua, no Norte do país, depois que um jornal publicou fotos mostrando cenas de um vídeo em que um padre local aparece mantendo relações sexuais com sua secretária, de 28 anos.

O bispo emérito de Chihuahua, Adalberto Almeida, disse este sábado ao jornal achar que o padre envolvido, Salomón Palma, deve pedir dispensa e se submeter a um tratamento psicológico e a exercícios espirituais, infomou o "El Diario de Chihuahua".

O bispo Almeida também disse que Guillermo López, bispo de Cidade de Cuauhtémoc, onde os fatos aconteceram, deve tratar o assunto com seriedade.

O vídeo teria sido gravado há três anos, quando a secretária era casada. A fita foi supostamente roubada e entregue ao jornal porque, segundo informou a publicação, o bispo López "não quis ouvir os representantes dos direitos humanos da região".

O padre Palma, de Cristo Rey, em Cidade de Cuauhtémoc (Noroeste de Chihuahua), contou ontem ao jornal que foi chantageado e chegou a pagar para evitar a divulgação do vídeo, que ele mesmo teria filmado. Em uma rádio, ele confirmou que vai deixar a paróquia e se mudar para o estado vizinho de Durango. "Contei toda a história para o bispo (...) ele me entendeu e sabe o que fiz nestes 40 anos pela pastoral", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vídeo mostra padre mantendo relações sexuais com uma secretária

Da AFP

04/01/2003 | 15:09


Um escândalo teve origem ontem no estado mexicano de Chihuahua, no Norte do país, depois que um jornal publicou fotos mostrando cenas de um vídeo em que um padre local aparece mantendo relações sexuais com sua secretária, de 28 anos.

O bispo emérito de Chihuahua, Adalberto Almeida, disse este sábado ao jornal achar que o padre envolvido, Salomón Palma, deve pedir dispensa e se submeter a um tratamento psicológico e a exercícios espirituais, infomou o "El Diario de Chihuahua".

O bispo Almeida também disse que Guillermo López, bispo de Cidade de Cuauhtémoc, onde os fatos aconteceram, deve tratar o assunto com seriedade.

O vídeo teria sido gravado há três anos, quando a secretária era casada. A fita foi supostamente roubada e entregue ao jornal porque, segundo informou a publicação, o bispo López "não quis ouvir os representantes dos direitos humanos da região".

O padre Palma, de Cristo Rey, em Cidade de Cuauhtémoc (Noroeste de Chihuahua), contou ontem ao jornal que foi chantageado e chegou a pagar para evitar a divulgação do vídeo, que ele mesmo teria filmado. Em uma rádio, ele confirmou que vai deixar a paróquia e se mudar para o estado vizinho de Durango. "Contei toda a história para o bispo (...) ele me entendeu e sabe o que fiz nestes 40 anos pela pastoral", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;