Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Filme que aborda relacionamentos vira série

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

‘Os Homens são de Marte ... E é Pra Lá Que
eu Vou’ estreia amanhã, às 22h30, no GNT


Raija Camargo
Do Diário do Grande ABC

24/09/2014 | 07:00


Após sucesso por quase dez anos no teatro e da versão para os cinemas (em maio deste ano), Os Homens são de Marte ... E é Pra Lá que Eu Vou, chega amanhã às telinhas. A ficção – criada e protagonizada por Mônica Martelli – estreia no canal GNT, às 22h30. Depois, vai ao ar todas as quintas-feiras no mesmo horário.

A trama da TV continua a contar a história de Fernanda, empresária bem-sucedida dona de uma produtora de eventos, que aos 40 anos – e correndo com o relógio cronológico – passa pelas maiores aventuras em busca de um grande amor. Em 13 episódios de 30 minutos cada será mostrada nova etapa da vida da protagonista, personagens e dilemas inéditos.

“Vamos retratar temas que não foram abordados na peça e no filme. Os produtos são totalmente diferentes. Quero mostrar outros momentos da Fernanda”, adianta Mônica, que continua em ritmo intenso de gravação até o fim do mês.

Também participaram da série os personagens Aníbal (interpretado por Luís Salém), que vive um casamento homossexual estável, mas em crise, e Nathalie (personagem de Júlia Rabello), uma atriz sem sucesso, que não quer saber de relacionamento sério e não tem comprometimento profissional.

O episódio de estreia começa quando Fernanda assina o papel de divórcio com Tom (Herson Capri), que já está namorando uma mulher bem mais jovem do que ele. Desorientada com a nova realidade, a protagonista propõe ao sócio, Aníbal, uma mudança na produtora para saírem um pouco da rotina. Em meio a tanta turbulência, ela conhece Claudio (Carmo Dalla Vecchia) e, pela primeira vez desde o fim do casamento, cogita a possibilidade de voltar a se envolver com alguém.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Filme que aborda relacionamentos vira série

‘Os Homens são de Marte ... E é Pra Lá Que
eu Vou’ estreia amanhã, às 22h30, no GNT

Raija Camargo
Do Diário do Grande ABC

24/09/2014 | 07:00


Após sucesso por quase dez anos no teatro e da versão para os cinemas (em maio deste ano), Os Homens são de Marte ... E é Pra Lá que Eu Vou, chega amanhã às telinhas. A ficção – criada e protagonizada por Mônica Martelli – estreia no canal GNT, às 22h30. Depois, vai ao ar todas as quintas-feiras no mesmo horário.

A trama da TV continua a contar a história de Fernanda, empresária bem-sucedida dona de uma produtora de eventos, que aos 40 anos – e correndo com o relógio cronológico – passa pelas maiores aventuras em busca de um grande amor. Em 13 episódios de 30 minutos cada será mostrada nova etapa da vida da protagonista, personagens e dilemas inéditos.

“Vamos retratar temas que não foram abordados na peça e no filme. Os produtos são totalmente diferentes. Quero mostrar outros momentos da Fernanda”, adianta Mônica, que continua em ritmo intenso de gravação até o fim do mês.

Também participaram da série os personagens Aníbal (interpretado por Luís Salém), que vive um casamento homossexual estável, mas em crise, e Nathalie (personagem de Júlia Rabello), uma atriz sem sucesso, que não quer saber de relacionamento sério e não tem comprometimento profissional.

O episódio de estreia começa quando Fernanda assina o papel de divórcio com Tom (Herson Capri), que já está namorando uma mulher bem mais jovem do que ele. Desorientada com a nova realidade, a protagonista propõe ao sócio, Aníbal, uma mudança na produtora para saírem um pouco da rotina. Em meio a tanta turbulência, ela conhece Claudio (Carmo Dalla Vecchia) e, pela primeira vez desde o fim do casamento, cogita a possibilidade de voltar a se envolver com alguém.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;