Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Nova safra de heróis


Ângela Corrêa e Luís Felipe Soares
Especial para o Diário

27/04/2008 | 07:00


Com a estréia de Homem de Ferro, na próxima quarta-feira, véspera de feriado, é dada a largada para uma temporada de lançamentos em que os heróis de histórias em quadrinhos invadirão as telonas. Além do aguardado longa que inaugura a trajetória cinematográfica do herói de metal criado em abril de 1963, chegam às salas brasileiras nos próximos dois meses mais quatro adaptações, incluindo outras estréias de personagens e continuações: Speed Racer, (9 de maio), O Incrível Hulk (13 de junho), Hellboy II – O Exército Dourado (11 de julho) e Batman – O Cavaleiro das Trevas (18 de julho).

Homem de Ferro é a primeira produção da Marvel Studios, criada especialmente para levar os heróis da editora aos cinemas. O orçamento estimado da produção é de cerca de US$ 186 milhões. Embora não chegue ao patamar de Superman – O Retorno (US$ 270 milhões) ou Homem-Aranha 3 (US$ 258 milhões), a aposta dos produtores é alta, ainda mais por ser um personagem, que, apesar de popular, não possui histórico cinematográfico.

Porém, não se trata de um investimento de risco. Desde o sucesso de X-Men – O Filme (2000), com orçamento modesto de US$ 75 milhões, Hollywood tem produzido adaptações em ritmo frenético, quase sempre com ótimos resultados de bilheteria. Porém os produtores aprenderam da pior maneira que não são capazes de enganar os fãs com produções mal feitas. Hulk (2003), Demolidor (2003) e Elektra (2005) amargaram fracasso de bilheteria e de crítica.

Quem sai ganhando é o público. Os estúdios têm se esmerado em pré e pós-produção e na escolha do elenco, já que alguns protagonistas no passado acabaram com o carisma dos heróis criados no papel. Por conta disso, os filmes têm demorado mais para sair. O cuidado é alto para que as salas lotem e a indústria fature. 


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;